O buraco é mais embaixo
Substituir a cúpula da Segurança Pública não é o bastante...
20/04/2017  08:29


Substituir a cúpula da Segurança Pública não é o bastante para reduzir os elevados índices de violência. Fosse, Sergipe já teria registrado avanços significativos, pois em pouco mais de dois anos o governo trocou duas vezes o comando da SSP. É preciso levar em conta que a criminalidade é fruto de uma legislação penal antiquada e pela visível falta de política e investimentos para o setor. Antes de trocar seis por meia dúzia, é necessário mudar o atual modelo, no qual a polícia é enfraquecida, fracionada e autoritária, não conseguindo responder às exigências impostas pelo contexto social. Portanto, urge que se modernize a polícia, providência que passa pela qualificação adequada, contínua e permanente de seus integrantes. Estudos neste sentido são unânimes em defender a necessidade da interação social, da participação comunitária e do compartilhamento de ações entre os diversos setores do Estado.

Cara, crachá!

O Supremo Tribunal Federal deve decidir hoje se transexuais podem alterar o nome no registro civil sem a realização de cirurgia de mudança de sexo. Quem defende a mudança entende que vislumbrar no transexual uma pessoa incapaz de decidir sobre a própria sexualidade somente porque não faz parte do grupo hegemônico de pessoas para as quais a genitália corresponde à exteriorização do gênero vai frontalmente contra o princípio de dignidade humana. Certíssimo!

Petrobrás em debate

E quem prometeu vir a Aracaju nos próximos dias foi o ministro das Minas e Energias, Fernando Bezerra Filho. A convite dos deputados Valadares Filho e Luciano Pimentel – ambos do PSB – o moço vem discutir o futuro da Petrobras em Sergipe. Os dois parlamentares estão preocupados com a decadência da companhia no estado e com a possibilidade de a estatal deixar de investir no território sergipano. Cruz credo!

Sessão especial

Por sugestão da vereadora Emília Correia (PEN), a Câmara de Aracaju vai promover sessão especial para comemorar o Dia da Doméstica. Será na próxima segunda-feira, quando lideranças destas trabalhadoras discutirão com os vereadores os principais problemas da categoria. Prestigie!

Sob nova direção

O Perímetro Irrigado Califórnia, em Canindé, está sob nova direção. Desde ontem, a gerência daquela infraestrutura da Cohidro vem sendo exercida pela advogada e assistente social Eliane de Moura Moraes. Caberá a ela comandar as obras de recuperação dos canais de distribuição de água, instalação de 37 novas bombas para irrigação, além da assistência técnica aos produtores. Boa sorte!

Corda bamba

Engana-se quem pensa que a delegada Danielle Garcia é insubstituível no
Departamento de Crimes contra Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap). Ao tomar posse ontem, o secretário da Segurança Pública, João Eloy, deixou claro que na SSP não há ninguém intocável: “Vou mudar o que achar que devo”, disse. Misericórdia!

Judas errado

O senador Eduardo Amorim (PSDB) discordou que tivessem queimado um Judas com o seu nome para protestar contra a reforma da Previdência. Realizado em Aracaju, o protesto foi organizado por sindicalistas. Segundo a assessoria do tucano, ele já externou ser veementemente contra a reforma previdenciária, tendo defendido a reforma tributária como solução mais correta para equilibrar as contas do país. Amorim lembra que também foi contra o projeto da Terceirização.

Me dá um dinheiro aí

Prefeitos de 23 municípios sergipanos querem que o governo federal libere recursos para socorrer os flagelados da seca. Ontem, a bancada federal de Sergipe se reuniu para discutir a demanda dos gestores. O deputado Laércio Oliveira (SD) informou ser impossível conseguir recursos via emendas impositivas, pois as duas a que Sergipe tem direito foram direcionadas para a Codevasf e a Prefeitura de Aracaju.

Alergia de cadeia

Preso sob a acusação de obstruir o trabalho da Justiça, o empresário José Antônio Torres, dona da empresa Torre, parece ter alergia da cadeia. No final da semana passada, ele foi internado com suspeita de infarto. Após fazer um cateterismo, José Antônio recebeu alta médica, sendo levado para a 8ª Delegacia Metropolitana, em Aracaju. Foi só chegar no xadrez para passar mal novamente e retornar ao Hospital de Cirurgia, onde permanece. Marminino!

Apaga velinhas

Os lagartenses estão em festa. Nesta quinta-feira, o município completa 137 anos. Com cerca de 100 mil habitantes, Lagarto possui 1.036 quilômetros quadrados e se destaca economicamente pela pecuária, agricultura e comércio. Entre os filhos ilustres estão os intelectuais Sílvio Romero, Laudelino Freire, Aníbal Freire, Filomeno Hora, Abelardo Romero Dantas e Ranulfo Prata.

Recorte de jornal

Publicado no Sergipe Jornal, em 2 de maio de 1934

Resumo de jornal



VEJA TODAS PUBLICAÇÕES DO BLOG
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Marcelo Rodrigues
20/04/2017 às 10:05
Petrobrás em debate. Apenas dois políticos preocupados com o desmanche desta grande empresa em Sergipe? Onde estão os demais políticos? ACORDA GOVERNADOR. A presença da Petrobras no estado é importantíssima!!!
JOAO SANTOS
20/04/2017 às 09:54
A grande mídia, os políticos, não gostam de falar sobre os juros que o Brasil (povo) paga para poucas famílias e banqueiros. Senhor senador, para equilibrar as contas do País, dos estados e dos municípios, tem que reduzir gastos com a máquina e reduzir juros (SELIC), hoje estamos pagando juros de 12,25%, com previsão de inflação de 4%, é o maior juros do mundo, é coisa de maluco. Se o Banco Central, reduzir os juros em 2,25%, não acontece nada com o País. Por quê não reduz?
colombo silva melo
20/04/2017 às 08:37
Pode colocar a melhor polícia do mundo que a violência não vai diminuir. A grande causa da violência é o abismo entre as classes sociais, que no Brasil é imenso, e em Sergipe bem mais acentuado. A média salarial dos funcionários públicos é de 4.700 reais, e há milhares de funcionários do governo que ganham mais de 20.000 reais por mês. Na iniciativa privada, os que não estão desempregados ganham, em média, apenas 1.300 reais. A violência começa e termina aí.

Adiberto de Souza

Jornalista há mais de 30 anos, Adiberto de Souza já atuou nos Jornais do Brasil (RJ), da Cidade, Manhã, de Sergipe, Cinform, A Tarde (BA), TV's Sergipe, Atalaia e Jornal, rádios Cultura, Atalaia e Jornal. É editor do site Destaque Notícias.
Novidades
Anúncio
Classificados
Anuncie Grátis
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030