Fezes de cachorro, saúde e educação
Quem cria qualquer animal de estimação tem que ter a consciência de sua responsabilidade. Em algumas cidades existe até lei municipal multando donos de cachorros que não recolhem as fezes dos animais deixadas nas calçadas.
08/05/2010  06:53


 

 

Esta semana o blog publicou um e-mail de um leitor criticando os donos de cachorros que passeiam com seus animais e não recolhem as fezes deixadas nas calçadas, que suscitou diversos comentários. O blog não tinha a noção do incomodo que diversos aracajuanos estão passando diariamente por conta desta falta de educação. Nas cidades desenvolvidas os donos de cachorros passeiam com seus animais munidos de pazinhas e sacolas plásticas. Aqui, raramente se vê esta cena.

 

Quem cria qualquer animal de estimação tem que ter a consciência de sua responsabilidade. Em algumas cidades existe até lei municipal multando donos de cachorros que não recolhem as fezes dos animais deixadas nas calçadas. Além do odor e do incomodo de um cidadão pisar no dejeto deixado na calçada, as fezes são transmissoras de várias doenças, por conta dos parasitas intestinais. É um caso de saúde pública que deve ser pensado já pela vigilância sanitária da cidade que deseja continuar com uma das melhores qualidades de vida do país. Nas cidades que existe a lei as prefeituras instalaram lixeiras especificas para o depósito das fezes dos animais.

 

Em alguns bairros de Aracaju este problema é grande, como, por exemplo, no bairro 13 de Julho e os Jardins. Este jornalista, há alguns anos, pela primeira vez se desentendeu com um morador próximo que insistia em passear com seu cachorro logo cedo e o mesmo cismou em fazer suas necessidades em frente da residência. Somente quando este jornalista ameaçou deixar as fezes na frente da residência do dono do cachorro ele mudou de trajeto, mas, com certeza pela educação do rapaz, seu cachorro deve ter encontrado outra residência para fazer suas necessidades.

 

E pesquisando na Internet, o blog descobriu que tem até blogs que criticam a falta de educação dos donos de animais. É uma questão de educação e pronto! Isso é parte da cultura do furar a fila em todas as oportunidades, de não respeitar a  sinalização do trânsito, do parar na frente de garagem, do fazer barulho e incomodar os vizinhos, etc. É apenas mais uma do pleno exercício da falta de educação, de civilidade.

 

O blog espera que algum vereador consciente ou até mesmo a prefeitura de Aracaju, através da vigilância sanitária, consulte as cidades que já colocaram em prática essa lei, que multa os donos de cachorros que deixarem as fezes nas calçadas. Para estes, com certeza, cai bem uma placa que o blog encontrou em um site: "O cachorro deixa na calçada o que seu dono tem na cabeça".

 

 

 

Campanha de Vacinação em Socorro

Será realizado neste sábado, 8, na Unidade de Saúde Otaviana Matos, localizado no conjunto Marcos Freire III, o ?Dia D? de vacinação contra a Influenza Sazonal (gripe comum). O prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Fábio Henrique, participará da abertura da campanha, que também contará com a presença da secretária de Estado da Saúde, Mônica Sampaio. A imunização acontece em todos os Estados das Regiões Nordeste, Sudeste e Centro-oeste do Brasil. A campanha prossegue nas 27 Unidades de Saúde de Socorro, das 8h às 17h, para pessoas com idade a partir dos 60 anos de idade.

 

Linha de crédito para ceramistas I

Representantes do Governo do Estado, do Sindicato das Indústrias de Cerâmicas e Olarias de Sergipe (Sindicer) e do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) estiveram reunidos na manhã desta sexta-feira, 9, na sede da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia  e do Turismo (Sedetec) para discutir medidas que auxiliem os produtores a cumprir as exigências previstas na legislação ambiental do setor.

 

 

Linha de crédito para ceramistas II

A reunião foi motivada por conta dos problemas registrados no município de Itabaianinha, onde 15 olarias (locais em que se produzem peças de cerâmicas) apresentam deficiências em relação aos fornos. Nessas unidades, o material é aquecido em locais abertos, o que contribui para o aumento da poluição ambiental.

 

 

Linha de crédito para ceramistas III

Uma das alternativas sugeridas foi a criação de uma linha de crédito, com recursos do Banco do Estado de Sergipe (Banese), para financiar a adequação dos fornos. A proposta seria idêntica à adotada pela instituição junto aos panificadores em dezembro do ano passado. A medida prevê condições especiais, como prazo de até cinco anos para pagamento e juros baixos. De acordo com o presidente do Banese, Saumíneo Nascimento, o banco está disposto a colaborar com a ação

 

 

Linha de crédito para ceramistas IV

 Outro assunto discutido foi a necessidade de desenvolver ações junto às olarias que ainda produzem de maneira artesanal e poluem o meio ambiente.De acordo com o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Jorge Santana, o Governo pretende desenvolver políticas públicas que possam trazer melhorias para os pequenos produtores.

 

 

 

Começa dia 10, mutirão fiscal da PGE I

Os contribuintes sergipanos que possuem débitos fiscais com o Estado, referentes ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), e estão sendo executados judicialmente podem regularizar a situação, através de negociação e parcelamento das dívidas junto à Procuradoria-Geral do Estado (PGE). A partir da próxima segunda-feira (10), a PGE realizará um mutirão fiscal durante todo o mês de maio deste ano, oportunizando aos contribuintes sergipanos melhores condições para a regularização da situação, obedecendo aos critérios determinados pelo Programa de Regularização Fiscal (REFIS), instituído pela Lei Estadual nº 6.900/2010.

 

Começa dia 10, mutirão fiscal da PGE II

Independente de notificação, os contribuintes que já estão com seus débitos sendo executados judicialmente, devem procurar diretamente a Procuradoria Especial do Contencioso Fiscal da PGE, localizada na Praça Olímpio Campos, nº. 14, 1º andar, a partir do dia 10, das 8 às 12h e das 14 às 17h a fim de negociar a dívida e formalizar o acordo. Segundo a Subprocuradora-Geral do Estado Conceição Maria Gomes EhI Barbosa, durante o mutirão a PGE, através da Procuradoria Especial do Contencioso Fiscal disponibilizará uma equipe composta por Procuradores do Estado e servidores, objetivando agilizar os procedimentos.

 

Começa dia 10, mutirão fiscal da PGE III

Ela adiantou ainda, que, formalizado o acordo, a própria PGE apresentará requerimento ao Poder Judiciário, solicitando a suspensão do Processo Judicial, até o fim do parcelamento e quitação do débito. Ao final, a extinção do processo. De acordo com o Procurador-Chefe da Procuradoria Especial do Contencioso Fiscal, Mário Luiz de Britto Aragão, além dos descontos de multa, o REFIS/2010 trás descontos dos juros e da correção monetária. Ele explicou que, o contribuinte que optar pelo pagamento à vista terá um desconto de 95% da multa, e 80% sobre os juros de mora, portanto, uma redução significativa.

 

Participe ou indique este blog para um amigo: 

claudionunes@infonet.com.br

 

Frase do Dia

"Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda”. Paulo Freire.



VEJA TODAS PUBLICAÇÕES DO BLOG
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Adelte
20/01/2012 às 14:55
Sou seguidora desse blog e vai uma dica de um video o qual achei bem interessante. Abs http://temporadafora.com/vlog/episodio-2-campos-minados

Adiberto de Souza

Jornalista há mais de 30 anos, Adiberto de Souza já atuou nos Jornais do Brasil (RJ), da Cidade, Manhã, de Sergipe, Cinform, A Tarde (BA), TV's Sergipe, Atalaia e Jornal, rádios Cultura, Atalaia e Jornal. É editor do site Destaque Notícias.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030