Respeito é uma Virtude. Poucos têm
Cada vez mais raro
10/01/2017  03:06


“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.


Num país onde a insegurança extrapola o medo diário dos assaltos e roubos, consolidando-se nas áreas econômica, política e, lamentavelmente, jurídica - com as meias-solas do STF e seus tribunais congêneres -  vem se fortalecendo também a degradação do ser humano e de alguns conceitos positivos e simples como o respeito.

E muitos políticos que deveriam ser exemplos para a sociedade, são os que mais desrespeitam a essência da opinião e do ponto de vista. Além

da baixaria que muitos políticos são protagonistas em todo o país (e em Sergipe também), com adjetivos de baixo nível, alguns ainda atacam também a imprensa por não aceitarem democraticamente a critica e entenderem que a verdade absoluta e só a deles.

O respeito é entender o limite de tudo, desde uma simples discussão entre amigos a um debate acirrado entre políticos. Em Sergipe, o que se vê atualmente são políticos com ofensas pesadas desrespeitando não só eles, mas a sociedade sergipana. Com isso, sobra para os bons, já que a classe política é nivelada por baixo, ou melhor, pela enxurrada de baixarias.

A intolerância leva ao radicalismo. E o cidadão de bem precisa repudiar a falta de respeito que é a raiz dos dois males.

O respeito é uma virtude. Poucos têm. E no Brasil de hoje é cada vez mais raro.


Engodo IPTU: além de não revogar, reajuste não foi de 8,78%, mas de 23%
E o telejornal 2ª Edição da TV Sergipe de ontem mostrou a denúncia de um contribuinte que teve o IPTU reajustando em cerca de 23% este ano em Aracaju. Só para lembrar: o prefeito prometeu revogar a lei que reajustou o IPTU em 2015 e 2016, mas ao invés tacou um aumentou, que segundo ele, foi de 8,78% pela inflação do período, mas foi maior. E não foi só o caso denunciado na TV Sergipe foram vários outros. E a resposta da PMA: entrar com recurso que serão avaliados. É muita cara de pau!

Comissionados
Enfim uma boa notícia: o prefeito Edvaldo Nogueira anunciou que cortará 50% dos cargos comissionados. A administração João Alves dobrou o número de comissionados.

Taxa de Iluminação Pública também é reajustada
E a nova administração de Aracaju resolveu reajustar também em 8,78% a contribuição para o custeio para a iluminação pública – COCIP. Continua isento o consumidor até 150 kwh.

Sobre interdição do Aterro da Estre
E resolveram interditar o aterro sanitário da Estre em Rosário do Catete prejudicando a coleta de lixo em Aracaju, Socorro e outros municípios. Não estranhe se no meio do caminho aparecer uma Torre de motivos...                                

Denúncias nos órgãos competentes. E não apenas na imprensa
Sobre as denúncias e baixarias envolvendo políticos de Sergipe nos últimos dias. Que tal cada um protocolar a denúncia nos órgãos competentes? E mais: que tal a PF investigar todas as denúncias?

Crime ambiental na APA do Morro do Urubu. Omissão das autoridades e órgãos fiscalizadores
Desde 1993, que a última reserva de Mata Atlântica de Aracaju, foi transformada em Área de Preservação Ambiental (APA). São 214 hectares

Na foto de Samarone percebe-se o tamanho do crime ambientel na APA do Morro do Urubu.

 localizados no Morro do Urubu, na Zona Norte. Porém, a conservação do local não existe, pelo contrário a todo o momento uma área é devastada e cercada. Os órgãos ambientais e os próprios ambientalistas silenciam. Ontem, 09, o blog publicou uma foto com a cerca que foi colocada no mirante. Ao lado outra foto, tirada pelo médico Antônio Samarone que mostra toda dimensão da área que vem sendo devastada. Até quando? Um crime ambiental. Tem denúncia no MPE?

Bar do Bel fará homenagem ao jornalista Cleomar Brandi
No próximo dia 18 (quarta-feira), no início da noite, o Bar do Bel (Iate Clube)fará uma homenagem ao jornalista Cleomar Brandi, na data que completaria 71 anosa. O bar vai inaugurar o “Cantinho do Cleo”, na varanda. Amigos e familiares de Cleomar já estão se mobilizando para a homenagem.

TCE e MPE de olho em novos prefeitos que querem realizar festas
E o blog foi informado que o MPE e o TCE estão de olho nos novos prefeitos que querem realizar festas. Em Sergipe tem 19 prefeituras em estado de emergência e na região do Agreste tem uma que já está montando palcos para realizar festa na próxima semana. O prefeito vai começar a administração sendo notificado pelo TCE. E de quebra com processo no MPE.

Santana do São Francisco: quem está falando a verdade?
E ontem, 09, a ex-prefeita de Santana do São Francisco, Dona Preta, anunciou que não é verdade o que diz o novo prefeito, Júnior Barrozo, que o município está sucateado. Dona Preta repudiou as declarações e disse que as imagens divulgadas foram da gestão anterior a dela. Quem está falando a verdade. Que tal o MPE e o TCE chegarem de surpresa no município?

Gilmar entra na vaga de Gilson Andrade e Adelson Filho sai por ordem judicial
E na Alese ontem,09, foi um rebuliço só. Enquanto Gilmar Carvalho assumia na vaga deixada por Gilson Andrade, eleito prefeito de Estância, o outro suplente, Adelson Barreto Filho, que tinha assumido na vaga de Valmir Monteiro foi afastado por ordem judicial, por conta do processo quando vereador de Aracaju e o uso das verbas remuneratórias. Agora o outro suplente da coligação Daniel Fortes, fica na expectativa de assumir assim que o processo acabar. Enquanto isso a Alese fica com menos um deputado.

Para ser extensão da SSP é melhor unir Sejuc a pasta. Redução de despesas
E o primeiro discurso do secretário de Estado da Justiça foi de uma infelicidade grande. Cristiano Barreto, que é delegado de carreira disse que a Sejuc será uma extensão da SSP. Se é para ser extensão é melhor fundir as duas pastas. Com isso reduzirão o número de diretorias e comissionados e ajudará ao governo do Estado.

Selo do Inmetro
O Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS) faz um alerta para que os pais observem a presença do selo do Inmetro em produtos escolares. A certificação indica que os materiais foram aprovados em testes laboratoriais, atendendo às normas de segurança do Inmetro. Por lei, as embalagens também devem trazer instruções em português e informações sobre o fabricante.

Selo do Inmetro II
A regra é válida para 25 itens escolares e a lista completa está disponível no site http://www.itps.se.gov.br. .  Quem tiver dúvidas ou quiser fazer denúncias deve acionar a ouvidoria do ITPS, que é o órgão executor das atividades do Inmetro em Sergipe. O contato pode ser feito por meio do telefone (79) 3179-8055 e do email http://ouvidoria@itps.se.gov.br

                                         

PELO  TWITTER

www.twitter.com/anterogreco  Não tenha inveja do picareta, do mau caráter, porque "se dão bem". Besteira, são seres vazios, fúteis, que passam pela vida sem apreciá-la.

www.twitter.com/frednavarro  O problema da direita é a esquerda. O da esquerda, é a direita. Quanto ao Brasil, é problema nosso.

‏www.twitter.com/Pontifex_pt  (Papa Francisco) Não pode existir paz verdadeira, se cada um reclama sempre e somente o próprio direito, sem se preocupar com o bem dos outros.

www.twitter.com/ISMARVIANA  Jó 34:11 Ora, Deus retribui ao homem de acordo com o que este faz, e lhe dá o que a sua conduta merece.

www.twitter.com/hilde_angel  As arbitrariedades se tornaram tão corriqueiras que o brasileiro perdeu a noção de quando é por que deve se indignar.Perdeu também a vontade

DO LEITOR

Alunos do IFS sofrem sem o transporte escola em São Cristóvão
Do estudante do IFS, Nélio Miguel Jr:  “Na semana passada os alunos da UFS sofreram com não circulação do transporte universitário desta fez foi os alunos do IFS campus São Cristóvão, o instituto federal de Sergipe campus São Cristóvão fica situado no Povoado Quissamã - s/n local de difícil acesso já que o transporte público deixaria os alunos a 2 km do IFS.Muitos alunos estão sendo prejudicado já que as aulas iniciarão e eles não irão poder participar das aulas já que o local é difícil acesso e por motivos de seguranças os alunos evita percorrer os 2 km ate a IFS campus São Cristóvão.Infelizmente é um retrocesso para educação dos jovens do município de São Cristóvão que antes contava com o transporte nos três turnos e agora estão sofrendo sem o transporte universitário.”


ESPECIAL

Turismo - Carta Aberta ao Prefeito Edvaldo Nogueira  por  Irma Karla*


Caríssimo Prefeito Edvaldo Nogueira,

Eu como sergipana, apesar de não estar morando em Aracaju há quase cinco anos por questões profissionais, mas tenho acompanhado de perto o desenvolvimento do Turismo da minha terra natal, bem como o desenrolar dos acontecimentos sobre as indicações da sua equipe de trabalho para conduzir a Prefeitura de Aracaju por estes 4 anos. É público e notório que o senhor ainda não indicou quem vai comandar a pasta do Turismo...e é com muita ansiedade que eu, integrantes do trade turístico e sociedade em geral aguardamos ansiosamente pela divulgação do nome que representará o Turismo da Capital sergipana.

Aracaju – portão de entrada por ser a capital do Estado merece o nome de um técnico para gerir a pasta. Não resta dúvidas em nenhum sergipano das potencialidades turísticas que a cidade possui. Eu sou uma apaixonada pela minha cidade...por suas praias, rios, manguezais, gastronomia, cultura e história que deixam os visitantes encantados. Nossa orla da Atalaia é o maior e mais belo cartão postal, sem esquecer da Orla Pôr do Sol que encanta a todos com o lindo espetáculo que o Sol nos agracia. Mas tudo isso...só será devidamente divulgado e captado mais visitantes para conhecerem os nossos atrativos, se tivermos um TÉCNICO e não um apadrinhado político para conduzir uma pasta tão importante para o crescimento e desenvolvimento de Aracaju. Isso mesmo...desenvolvimento!!! Porque como o senhor encontrou Aracaju no vermelho e haverá uma necessidade urgente de aliar a pasta do TURISMO com a da FUNDAT para juntos unirem esforços na geração de emprego e renda para a comunidade. Colocar um apadrinhado político haverá um desgaste na sua imagem como administrador, porque a pasta não é um laboratório para se fazer testes. E desperdício de dinheiro é tudo que o senhor não deseja no momento, tenho certeza disto.

Só pra relembrar que a indústria do turismo no Brasil é responsável, atualmente, por aproximadamente oito milhões de empregos diretos e indiretos. E a arrecadação de impostos decorrente desta empregabilidade na atividade turística é sem dúvida alguma, o que vem permitindo o desenvolvimento econômico de centenas de municípios brasileiros. E ainda, de acordo com o Ministério do Turismo, os negócios de turismo representam 4% do PIB nacional, com influência em 52 segmentos diferentes da economia.

Para atender os novos padrões de consumo em mercados altamente competitivos, a busca da qualidade empreendida pelas agências de turismo, operadoras, Guias de Turismo, hotéis, restaurantes entre outros que prestam serviços para o trade turístico exige profissionais treinados e qualificados, capazes de prestarem um serviço de qualidade superior, trazendo como benefício à satisfação do turista e consequentemente o seu retorno e indicação para outros viajantes. Porque a qualidade do produto turístico é pressuposto fundamental para o sucesso dos destinos. Num mundo onde centenas de destinos turísticos competem pela preferência dos turistas, torna-se fundamental a proposição de ações que levem à qualidade.

Volto no tempo e venho lembrar que a Constituição da República promulgada em 1988, entre outras tantas inovações, trouxe o TURISMO para o plano maior do ordenamento jurídico brasileiro, onde cita no seu Art. 180 – A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios promoverão e incentivarão o turismo como fator de desenvolvimento social e econômico. Assim, não é possível esquecer que o turismo foi içado à condição de norma constitucional, de modo que esta condição privilegiada justifica um dever dos governos Federal, Estadual e Municipal de terem uma maior atenção para com a atividade.

Ainda sobre a previsão do Art. 180 da Constituição Federal, observa-se a existência de três elementos balizadores da atividade turística brasileira:

a) elevação do turismo à condição de fator de desenvolvimento social e econômico;
b) promoção estatal do turismo; e
c) incentivo estatal ao turismo.
Vale citar alguns itens do Art. 5º da Lei Geral do Turismo, sobre a Política Nacional de Turismo que tem por objetivos:
VI- promover, descentralizar e regionalizar o turismo, estimulando Estados, Distrito Federal e Municípios a planejar, em seus territórios, as atividades turísticas de forma sustentável e segura, inclusive entre si, com o envolvimento e a efetiva participação das comunidades receptoras nos benefícios advindos da atividade econômica;
XI - desenvolver, ordenar e promover os diversos segmentos turísticos;
XVII - propiciar a competitividade do setor por meio da melhoria da qualidade, eficiência e segurança na prestação dos serviços, da busca da originalidade e do aumento da produtividade dos agentes públicos e empreendedores turísticos privados;
XVIII - estabelecer padrões e normas de qualidade, eficiência e segurança na prestação de serviços por parte dos operadores, empreendimentos e equipamentos turísticos;
XIX - promover a formação, o aperfeiçoamento, a qualificação e a capacitação de recursos humanos para a área do turismo, bem como a implementação de políticas que viabilizem a colocação profissional no mercado de trabalho; e
Infelizmente...a falta de continuidade política nas ações em prol do turismo faz com que o Turismo na capital nunca cresça. Quando começa a "bombar" vem outro governo e não aproveita o que deu certo na gestão anterior.

Por isso, uma grande ferramenta de atrair público e até mesmo investidores é através da socialização digital que tem estado cada vez mais presente em nosso dia a dia. Acredito sinceramente, que é uma forma de acesso direto com seu público e com toda sociedade, que respondem ao contato também sem intermediários. A interatividade é grande, já que o município passa a ter um diálogo aberto com seus visitantes, comunidade e trade turístico, entendendo a maneira de como melhorar seus serviços e produtos e desta forma conquistando-os. Sendo um grande feed-back com o consumidor. Além disso, ainda pode divulgar suas promoções e ofertas, atraindo novos visitantes. Se o município encarar o seu público como seu melhor consultor, ele só tem a ganhar, pois haverá a propaganda “boca a boca”, desta forma atraindo mais visitante...até mesmo das cidades vizinhas.

E para encerrar, prefeito, deixo aqui, como forma de lembrá-lo das suas propostas de campanha apresentadas ao Trade Turístico de Aracaju:

- Reativar e reestruturar o Conselho Municipal do Turismo, redefinindo a participação da administração municipal, de entidades representativas do setor e de outras organizações afins, cuja primeira atividade será coordenar a elaboração do Plano Estratégico do Turismo de Aracaju.

- Criar o Fundo Municipal do Turismo, para o qual serão destinados parte dos recursos provenientes dos tributos municipais arrecadados por todas as empresas do setor.

- Ampliar a parceria com o trade turístico e com o governo do Estado para a promoção do destino (participação em feiras, caravanas, fam press, visitas de blogueiros etc), compartilhando os investimentos e dando ênfase nas mídias sociais.

- Para captar mais eventos e dar mais efetividade à promoção do destino, vamos estabelecer parceria público-privada com o Aracaju Convention & Visitors Bureau.

- Promover programa de qualificação e capacitação da mão-de-obra e gestão em bares, restaurantes, pousadas e hotéis, táxis, postos de combustível etc, por meio da FUNDAT e de parcerias com o Sistema S, empresas de consultoria e entidades do trade turístico, considerando inclusive parceria com o governo estadual para utilização de recursos do Prodetur.

- Elaborar o Calendário Anual de Eventos da cidade, garantindo previsibilidade e facilitando a atração de turistas.

- Resgatar o Projeto Verão e o Reveillon da Cidade, eventos estratégicos para a alta temporada do turismo.

- Promover novos eventos - permanentes e temporários - para a Orla de Atalaia, Orla do Bairro Industrial, Orla Pôr do Sol, Parque da Sementeira, Parque da Cidade e Centro Histórico, em parceria com entidades do trade turístico, classe artística sergipana e com patrocinadores privados.

- Ampliar os eventos gastronômicos, em parceria com as entidades representativas do trade turístico, contemplando, além dos restaurantes tradicionais, os polos regionais como os botecos do Inácio Barbosa, os bares de praia e os bares e restaurantes do Mosqueiro.

- Resgatar a Orquestra Sanfônica de Aracaju e firmar parceria com a Orquestra Sinfônica de Sergipe e Orquestra Jovem para incluí-las nos eventos que serão criados.

- Elaborar e implantar projeto de balizamento náutico no Rio Vaza Barris, visando aproveitar o potencial turístico da prática de esportes náuticos naquele estuário.

- Criar programa de roteirização turística, em parceria com empresas de receptivo turístico e com o Sindicato dos Guias de Turismo, viabilizando novos roteiros (fluviais, ciclísticos e rodoviários), diurnos e noturnos.

- Firmar parcerias com operadores internacionais para oferta de roteiro integrado com a Bahia, notadamente do mercado europeu.

- Desenvolver atividades de enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes de acordo com orientações do programa Turismo Sustentável e Infância.

- Firmar parceria com o governo estadual visando revisar a Matriz de Investimentos do Programa do Prodetur para contemplar novos investimentos destinados a Aracaju.

- Em parceria com o governo estadual, negociar com as Companhias Aéreas o aumento da oferta de voos para Aracaju.

- Proteger o patrimônio cultural material (tombamento) e imaterial (salvaguarda) da capital, em parceria com o IPHAN, visando valorizar tradições e acervo arquitetônico histórico ainda existente no centro da capital.

- Adequar e modernizar os Postos de Informações Turísticas – PIT (Mirante da 13, Orla Por do Sol, Mercados), considerando sua relevância no contato direto com o turista.

Espero sinceramente que o senhor pense em tudo que disse sobre a importância do TURISMO para o desenvolvimento econômico e social de uma sociedade.

*Presidente da Federação Nacional dos Guias de Turismo – Fenagtur  e ex-presidente do Sindicato dos Guias de Turismo de Sergipe. Carta publicada no Facebook.


Blog no twitter: http://www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
“O pensamento é algo que dá vertigem.” Dashiell Hammett, escritor estadunidense, morreu em 10 de Janeiro de 1961 (n. 1894).



VEJA TODAS PUBLICAÇÕES DO BLOG
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Jose Augusto dos Santos
10/01/2017 às 11:33
O prefeito Edvaldo Nogueira além de não cumprir a palavra de revogar o decreto de aumento do IPTU, está pessimamente assessorado por um secretário da fazenda de nenhum conhecimento de finanças públicas. Na verdade este pseudo técnico só sabe aumentar impostos e não apresenta nenhuma proposta de recuperação financeira. Aliás o mesmo fez isto quando respondia pela Fazenda Estadual antecipando o pagamento do IPVA. Há de se explicar a este senhor, que finanças públicas não é só cobrar impostos.
Paulo Lima
10/01/2017 às 07:50
Edvaldo Nogueira é mais um engodo que os eleitores aracajuanos terá que engolir por mais quatro anos! E eu avisei aos meus amigos e familiares. Vocês não acreditaram em mim! Veremos. Era cria e sombra de Déda. Agora é a sombra de Jackson! Coitada de Aracaju e de seu povo!

Cláudio Nunes

Desde maio de 2006, tem um blog no Portal Infonet. Atua no jornalismo de Sergipe há mais de 15 anos, passando pela Gazeta de Sergipe, Jornal da Manhã, Diário de Aracaju, TV Sergipe e Jornal do Dia. Radialista e jornalista, em dezembro de 2006 publicou o livro "Liberdade da Expressão".
Novidades
Anúncio
Classificados
Anuncie Grátis
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030