O Davi sempre vai vencer o Golias. E 2018 em SE não será diferente
Eleições
03/02/2018  03:00


“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

É sempre assim: quando alguns chegam ao poder e se sentem como gigantes que podem impor e passar por cima de todo mundo, aparece um Davi

com humildade e força de vontade para derrotar o Golias da estupidez e da ganância humana.

Em 1998, quando o então líder da oposição, Jackson Barreto, caiu nos braços do governador Albano Franco, candidato a reeleição, a chamada esquerda em Sergipe ficou petrificada. Valadares foi o candidato  da coligação PSB, PT, PDT, PCB e PCdoB, ficando em terceiro lugar. E o segundo turno foi entre Albano, reeleito, e João Alves.

Muita gente lembra apenas da derrota, por quase 100 mil votos, de Jackson para Maria do Carmo na disputa ao Senado. Porém a eleição de 1998, foi histórica porque a força de Albano com os recursos da venda da Energipe na época levou os adversários históricos em quase todos os municípios para o mesmo palanque.

Por exemplo, em Itabaiana teve o apoio dos Bispos e dos Teles de Mendonça. Em Lagarto, dos Reis e Ribeiros e assim por diante. Albano chegava ao município e tinha que agradar todos os políticos.

Esqueceram que toda unanimidade é burra. No 1º turno, com todos os apoios, Albano obteve apenas 9 mil votos de diferença para Jackson. Ou seja, o eleitorado não aceita todos no município no mesmo palanque.

Agora, 20 anos depois, Jackson e André Moura tentam esconder uma aliança branca para o Senado que vem sendo desmascarada semanalmente com as adesões dos aliados. Zezinho Guimarães, Robson Viana, prefeitos, Gustinho Ribeiro e ontem, 01, na coluna do jornalista Habacuque, a informação que a família Reis pode votar em André e Jackson para o Senado.  Ou seja, em lagarto os principais grupos terão o mesmo santinho para o Senado? Todo cuidado é pouco quando não se consulta o eleitorado.

Porém, não será um passeio para a dupla Jackson e André. Parte significativa do eleitorado de Jackson, que ainda resiste eleitoralmente, não o seguirá com essa guinada para as bandas de André.

E a imprensa sergipana já vem divulgando as insatisfações por conta da aliança branca. Brayner e Gilmar Carvalho já expuseram a insatisfação e o incômodo, não só de Rogério Carvalho, mas de outros petistas. Já George Magalhães ontem, 02, disse que “tem gente com medo de enfrentar Valadares nas urnas. Estão tentando isolar e excluir o senador das eleições 2018, pelo fato dele liderar todas as pesquisas, não ser corrupto e ser ficha limpa."

Esse sentimento ganha corpo na mesma proporção em que as evidências do casamento de contrato de gaveta é explícito, e na proporção que aliados do governador declaram voto em André.

Aliado a isso, a última entrevista de Luciano Bispo – presidente da Assembleia, e um dos mais próximos de Jackson hoje -  dando uma de Marun em Sergipe, na defesa da reforma da previdência, foi ridícula.

E assim como em 1998, quando Jackson insultou seus eleitores naquela aliança com Albano, muitos não votarão nele agora, nesse contrato de gaveta escancarado com André.

Também não será fácil para André Moura, com o crachá Temer/Cunha escancarado no peito, além dos seus embaraços na justiça.

O que se vê, claramente, é que estão tentando ganhar a eleição para as duas vagas ao Senado no WO.

Em 1998 Jackson perdeu por uma aliança vantajosa com Albano. Em 2018 ele pode perder por uma aliança espúria com André Moura, que por coincidência, também é o candidato de Albano Franco.

Jackson diz que não aceita patrulhamento ideológico ao agradecer André Moura ao lado do ministro das Cidades O discurso do governador Jackson Barreto, quando da visita do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, a Aracaju, foi um recado direto para alguns aliados, principalmente do PT. Jackson disse que não aceita patrulhamento ideológico e não tem mais idade para se preocupar com as futricas políticas. Obs: ele erra ao não assumir uma aliança formal. A chamada aliança branca é algo de políticos que têm medo da reação da sociedade.

Prefeito de Umbaúba, do MDB e ligado a Jackson, assume apoio a André Moura  E o prefeito de Umbaúba, Humberto Maravilha, resolveu assumir de uma vez o apoio a André Moura. Ligado a Jackson Barreto, Humberto estava na sexta-feira, 02, durante a Festa de Nossa Senhora da Guia acompanhado do deputado federal, André Moura. Mais uma fritura contra Rogério Carvalho.

Servidores do governo estadual. Ato unificado, dia 05 Sintrase e servidores de diversas categorias da esfera estadual (Administração geral, Fisco, Polícia Civil e Emdagro, além de nutricionistas, professores, psicólogos, auxiliares de enfermagem e assistentes sociais) farão um ATO UNIFICADO na próxima segunda-feira, dia 5, para protestar contra o caos instalado pelo governo de Jackson Barreto, que atrasa remunerações e proventos e não concede reajuste salarial há mais de cinco anos. A manifestação acontecerá a partir das 8h, em frente ao Sergipe Previdência, localizado na Praça da Bandeira, nº 48.

Paralisação geral Após o ato, os trabalhadores e trabalhadoras farão uma ASSEMBLEIA para deliberar adesão à Paralisação Geral do próximo dia 19, contra a Reforma da Previdência, que deve ser votada pelo Congresso ainda este mês.

Cultura: REDE e PV promovem Fórum Na última quinta (01/02) a Rede Sustentabilidade e o PV realizaram o fórum de Cultura, onde debateram com os expositores os anseios e necessidades dos sergipanos para com as suas raízes culturais. “Tal discussão fundamenta o conteúdo programático que tem como base a participação popular. É fundamental que esse seja um tema central do desenvolvimento social, de um governo com arranjo produtivo e sustentável para com sua população e suas demandas tão preciosas, como a valorização dos artistas, espaços culturais e políticas públicas para com os caminhos da Cultura, como o cinema, as artes cênicas, as artes plásticas, a gastronomia e até os movimentos típicos das diferentes regiões de nosso estado”, explica a organização.

Praia do Saco: Conselheiro requer ação do poder público para evitar destruição de capela histórica Durante a sessão plenária do Tribunal de Contas de Sergipe (TCE/SE) da última quinta-feira, dia 1º, o conselheiro Carlos Pinna de Assis apresentou aos demais membros do colegiado informações a respeito do estado de risco no qual se encontra a capela localizada na Ponta do Saco, no município de Estância. O prédio tem valor histórico e cultural para o estado e corre risco de destruição pela ação das marés.

Preservação da Capela O conselheiro Carlos Pinna colocou a necessidade de ação por parte do TCE para chamar atenção das autoridades locais quanto à preservação da capela. Ficou decidido que a conselheira Susana Azevedo, responsável pela área de controle da qual faz parte a Secretaria de Estado da Cultura, reunirá as autoridades envolvidas para buscar uma resposta ao problema. De acordo com Pinna, este é um dos deveres constitucionais do TCE, no tocante a patrimônios históricos.

Algo relevante para Sergipe “Vejo com preocupação a inação das autoridades locais frente à iminência da destruição de algo tão relevante para Sergipe. Já havia acontecido algo semelhante, devido ao avanço da maré de março, há pouco mais de um ano e agora, pela segunda vez, esse marco pode ser derrubado pelo mar sem que as autoridades tomem uma providência. É dever do TCE zelar pelos patrimônios materiais e imateriais do Estado, de acordo com as Constituições Federal e Estadual”, disse.

Exemplo de Pernambuco Para João Augusto Bandeira de Melo, procurador geral do Ministério Público de Contas, esta é uma questão juridicamente pertinente. Ele concordou com o conselheiro, reafirmando que o Tribunal de Contas tem amparo legal para esta ação citando como exemplo ações do TCE de Pernambuco.

Patrimônio público “O conselheiro coloca com bastante propriedade a possibilidade intervenção do Tribunal de Contas neste caso; o TCE de Pernambuco, inclusive, possui iniciativas deste tipo. Patrimônio histórico faz parte do patrimônio dos entes públicos. Quando se fala em fiscalização patrimonial, ela abrange também o patrimônio histórico, não só questões financeiras. Apesar de ser particular, ele pertence um regime especial de propriedade, onde o proprietário também tem o dever de conservá-lo; no caso, a prefeitura de Estância e Secretaria do Estado da Cultura têm o dever de notificar o proprietário, tomar providências, inclusive judiciais, para que a história não se perca”.

História A capela é propriedade particular da Diocese de Estância, mas é também um marco da história do estado de Sergipe. Pinna destacou em seu pronunciamento os estudos do professor Luiz Fernando Soutelo, que pesquisou as origens da capela, há mais de 100 anos. Em 1975, de acordo com fotografias resgatadas pelo pesquisador, foram lembrados os 200 anos de colonização portuguesa em Sergipe e foi erguido pelo então governador Paulo Barreto Menezes, onde hoje fica a capela, um monumento para marcar a ocasião da chegada dos jesuítas à capitania de Sergipe Del Rey, em janeiro de 1575.

Inauguração BIOS Com o objetivo de prestar um serviço inovador aliado ao conhecimento técnico, respeito ao paciente e assistência humanizada, a clínica Onco Hematos inaugurou na noite de quinta-feira, 1º, o mais novo espaço da clínica: a Bios Imunoterapia Assistida, que é o primeiro e principal centro de referência em imunoterapia assistida do estado de Sergipe e já com destaque nacional em virtude dos profissionais que fazem parte da equipe. Contando inicialmente com as modernas instalações da Onco Hematos, a Bios está com espaço direcionado e pensado no conforto e comodidade de seus pacientes, demonstrando a preocupação com o bem-estar e humanização do atendimento.

Inauguração BIOS II Para o sócio da clínica Onco Hematos, Dr. Roberto Gurgel, a Onco Hematos firma neste momento uma grande parceria baseada na confiança, expertise e respeito. “O foco da imunoterapia é tratar pacientes crônicos. A Bios agora vai se transformar e crescer como uma clínica de excelência no atendimento aos pacientes crônicos não oncológicos, nas diversas áreas da medicina que precisa da imunoterapia, como reumatologia, dermatologia, endrocrinologia, neuroimunologia, entre outros. É um serviço agregador e será de muito sucesso. O grande diferencial é que separamos os pacientes oncológicos dos pacientes que serão atendidos pela Bios. Na área superior da clínica reservamos um espaço diferenciado, com outra recepção, e salas de atendimento para que a Bios cresça com sua própria identidade. Tenho certeza que a Bios trará um benefício enorme para a sociedade sergipana”, enfatizou.

Aprovação na USP! Os alunos do Colégio do Salvador celebram nesta semana as aprovações em universidades de todo o país, através do resultado do Sisu, a partir das notas do Enem. O grande destaque fica para o aluno Murilo Costa Campos de Moura, que foi aprovado na Usp em 2º lugar para o curso de Engenharia de Produção! No total, o Colégio do Salvador registrou um índice de aprovação de 90%, com aprovações na UFS, e também em outras grandes instituições educacionais, como a Unifesp, Unipampa, UFPI, UFAL e UFC. 

GBarbosa no clima de Carnaval! O mês de fevereiro começou e o GBarbosa, claro, entra no clima do Carnaval! No próximo dia 3, sábado, acontece um Bailinho de Carnaval na loja da Francisco Porto, das 15h às 18h. No mesmo dia, as lojas Jardins e Riomar terão um bloco de Carnaval, das 10h às 12h e das 16h às 18h, respectivamente, animando os clientes com um minitrio personalizado. A ação também acontecerá no dia 10, no GBarbosa Desconto Norte, das 16h às 18h. Ainda no dia 10, quem for ao Hiper Sul participará da comemoração carnavalesca com uma fanfarra, das 10h às 12h, que estará agitando os consumidores. Neste dia, na compra de R$ 100, o cliente ganha um tradicional item do Carnaval: um colar personalizado dos Filhos de Gandhy. Participe!

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES - (79) 99890 2018


Condições do sistema de saúde em Sergipe Pelo zap: “Mulher grava vídeo para o quadro da rede Globo mostrando as condições da saúde que Jackson Barreto proporciona para sergipanos. E ainda JB quer ser senador.” O vídeo:

Pacientes de Aracaju sendo transferidos para o interior Pelo Zap: “Os pacientes estão morrendo por falta de UTI em Sergipe. Os pacientes  que moram em Aracaju estão sendo transferidos para o interior. Um exemplo, um paciente foi para a cidade de Lagarto, depois de passar por dois hospitais. Agora eu pergunto: como acompanhar esses  pacientes tão longe? A família também não tem estrutura de ficar indo e voltando todos os dias visto que não podem ficar lá, já que a visita é das 16h às 16h30.”

Maruim: o capitão do mato da Deso continua aprontando Pelo Zap: “Desta vez o coordenador do Núcleo da Deso em Maruim, que mais parece o dono  da empresa, ordenou a uma equipe de manutenção que se deslocasse para o município de Siriri, fora do núcleo a que pertence a equipe, para prestar serviço em uma propriedade particular que em nada interessava a Deso. Foram utilizados materiais, ferramentas além do carro da empresa. Se isso não  bastasse, por suspeitar que um integrante dessa equipe teria o denunciado, achou uma desculpa para aplicar uma advertência ao funcionário. O feito foi confirmado, já que o veiculo possui GPS, o que não intimidou o coordenador a enviar o pessoal. Será a certeza da impunidade? A superintendência e a diretoria de operações já têm ciência do fato, mas nada fizeram até o momento, parecem coniventes com os vários desmandos. Vamos aguardar e ver se nenhuma providência será tomada.”


PELO E-MAIL E FACEBOOK

ARTIGO

Sergipe um Estado fálido e sem perspectivas  por Rogério Alves

  Alguns anos atrás Sergipe era o sonho de consumo de moradia de baianos, alagoanos, paulistas, etc... Um Estado que crescia com qualidade de vida,  servidores com salários em dia, obras por todo Sergipe. Um Estado sem muita violência, com empregos, com turismo. Confesso que tinha orgulho de falar  “sou sergipano.”  Porém, esses últimos anos, o que temos visto é o oposto de tudo que andava nos trilhos e que causava ciúmes a outros governos.  E não adianta dizer que o problema é a crise, pois os dois Estados vizinhos, Alagoas e Bahia, estão a todo vapor e deixando Sergipe cada vez mais para trás.

E de quem é a culpa? Da crise? Do governo? Do povo?

Pois bem, temos um governo que faz muito bem politica e nada de gestão. Um Governo que tem ocupantes de cargos que mesmo sem ser empresários ou ter outra ocupação, se tornaram ricos. Enquanto isso faltam hospitais, polícia, obras, empregos, etc...

Temos uma oposiçao mesquinha, que só trabalha para chegar ao poder custe o que custar, e que tambem quer se perpetuar no poder. E temos um povo que não aposta nas mudanças e elegem sempre as pessoas.

Durante toda minha vida só pude ver esse Estado ser governado por quatro  pessoas: Albano, João, Jackson e Déda, esse ultimo sim, que levantou a auto estima e a esperança de um povo sofrido, e que por ironia do destino acabou nos deixando precocemente.

Por fim quero dizer que, se nossos irmãos dos estados vizinhos hoje estão em uma situacão melhor, é porque apostaram em novos nomes pessoas que tem amor pelo que realizam, que têm capacidade de transformar Estados e cidades fálidas em metrópoles desenvolvidas, com uma economia crescente e não as velhas raposas que por vaidade, ou projetos pessoais, não querem deixar o poder.


PELO TWITTER


www.twitter.com/emirsader O burocrata acha que e’ o cargo que faz a pessoa. Não sabe que eé a pessoa que faz o cargo. Sem cargo, o burocrata

 vira nada.

www.twitter.com/Jabbnascimento Pref Antonio Passos e seu filho Secretário Angelo Passos se revelam desrespeitosos com os compromissos assumidos. Falsos moralistas !! Aproveitadores !! Classe política desmoralizada. Uma vergonha !!!

www.twitter.com/mendoncaprado O estado de Sergipe está totalmente desorganizado e o governo não está tendo coragem de tomar decisões que possam efetivamente mudar essa situação. Por essa razão, servidores estão recebendo em atraso, aposentados e pensionistas estão humilhados.

www.twitter.com/ComsensoWeb FanFM músicos sergipanos destacam denúncia no @MPF_SE por causa d supostas irregularidades no edital do bloco #rasgadinho.

www.twitter.com/rogeraju Heleno Silva esta mais fechado com Amorim do que cadeado enferrujado. Quem viver verás.

Cláudio Nunes no Face e no twitter:

https://www.facebook.com/blogclaudionunes/

http://www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
“A ganância insaciável é um dos tristes fenômenos que apressam a autodestruição do homem.” Textos Judaicos.



VEJA TODAS PUBLICAÇÕES DO BLOG
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
APARECIDA SOUZA
04/02/2018 às 14:38
QUAL O SEU PARTIDO? Bendito aquele que semeia livros e faz o povo pensar. Castro Alves
sandro
03/02/2018 às 13:48
NÃO EXISTE NEM DAVI NEM GOLIAS E SIM POLITICOS SEDENTOS DE PODER...ISTO SIM... NESTE CASO DAVI QUER É PODER... QUEM VIVER VERÁ!
Voto consciente
03/02/2018 às 12:37
Se não aparecer um candidato que não tenha participado de nenhuma coligação política anteriormente, que não seja do meio político, que não precise do apoio dos abutres que, já ocupam ou ocuparam cargos eletivos, meu Voto Consciente, será em branco... Precisamos de gente nova, que apareça do nada, pq TODOS, que estão aí, da capital e do interior, nenhum tem o “rabo solto” todos fizeram pacto com o diabo.

Cláudio Nunes

Desde maio de 2006, tem um blog no Portal Infonet. Atua no jornalismo de Sergipe há mais de 15 anos, passando pela Gazeta de Sergipe, Jornal da Manhã, Diário de Aracaju, TV Sergipe e Jornal do Dia. Radialista e jornalista, em dezembro de 2006 publicou o livro "Liberdade da Expressão".
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030