Gastos com locação de veículos
Uma área que o governo do estado gasta milhões todos os anos é a de locação de veículos. Aqui em Sergipe ninguém sabe quantos carros estão locados em toda a máquina estatal (secretarias e empresas) e o valor que é gasto mensalmente. Porém, pelas disputas
27/11/2006  05:03


 

 

 

Uma área que o governo do estado gasta milhões todos os anos é a de locação de veículos. Quando assumiu, o atual governador  João Alves Filho (PFL) garantiu que reduziria ao máximo a locação de veículos, mas não demorou muito para que tudo ficasse como nos governos anteriores. O que chama a atenção é que são veículos de todos os tipos, desde os mais simples, um Fiat uno, por exemplo, até carros de primeira linha, com todos os opcionais que garantem conforto e todas mordomias.


Nos bastidores, as informações dão conta que essas locações de veículos, cujos contratos vêm se renovando ao longo de vários governos, não agüentariam uma investigação mais rigorosa. Bastaria os órgãos responsáveis como Ministério Público Federal e Tribunal de Contas do Estado realizarem uma análise comparativa dos preços de locações dos mesmos veículos locados para o governo estadual com os locados para algumas empresas estatais federais.


Um servidor técnico do governo estadual repassou para este colunista um dado interessante recolhido pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), que recentemente comparou  o aluguel de carros feito pelo Banco do Brasil e pela Secretaria de Governo do DF. Por mês, enquanto o banco pagou R$ 706 por um carro popular, a secretaria desembolsou R$ 1.733. O banco alugou um carro de luxo por R$ 1.800. Já a secretaria pagou R$ 3.300 por um do mesmo modelo. 


Depois de três anos de contrato, os auditores do TCDF estimaram um prejuízo de mais de R$ 5,6 milhões para os cofres do GDF. Uma análise de mercado feita a pedido do tribunal mostra que em um ano e meio a Secretaria de Governo poderia ter comprado 489 carros novos com o dinheiro que pagou pelo aluguel de 520 veículos. Ou seja, 98% da frota alugada poderia ser própria. Lá a equipe de transição de governo já avisou que os cortes vão começar pelos gastos com carros, telefone e contratos terceirizados. Só de funcionários terceirizados o governo local tem 20 mil. Nove mil deles via Instituto Candango de Solidariedade.


Aqui em Sergipe ninguém sabe quantos carros estão locados em toda a máquina estatal (secretarias e empresas) e o valor que é gasto mensalmente. Porém, pelas disputas acirradas nos bastidores o bolo é grande com fatias que agradam a todos os clientes. É uma área que o futuro governo terá que enfrentar sem medo. É preciso também mudar o gerenciamento dos carros públicos. Não existe zelo com os veículos estatais. Com isso, a depreciação do carro público tem um percentual bem maior do que qualquer veiculo particular ou até mesmo de locadora. Será que a equipe de transição já tem todos os números sobre a locação de veículos e quanto custa mensalmente? Este colunista duvida e aceita apostas...

 

 

Deputado do Paraná quer Deda presidente

Nota publicada na coluna Painel da Folha de São Paulo de hoje: “Longa distância. Lula nem tomou posse, mas o deputado Padre Roque (PR) circulava pela reunião do Diretório Nacional lançando o governador eleito Marcelo Déda para o Planalto em 2010”.

 

 

 

Fontes pode, no máximo, assegurar R$ 6 milhões para Aju

O deputado João Fontes (PDT) vem divulgando pela imprensa que assegurou R$ 55 milhões em emendas para Aracaju. Ele esquece que cada deputado federal tem o valor de R$ 6 milhões de emendas individuais. Ele usa os R$ 55 milhões como se fossem dele, mas na verdade são das emendas coletivas de bancada, que levam a assinatura de toda a bancada federal. Lamentavelmente alguns espaços “especiais” que ele tem em jornais diários só publicam o que Fontes deseja.

 

Globo destaca homem forte da Petrobras

Com o título “Homem do PT na Petrobras gere R$ 700 milhões”, o jornal o Globo de domingo publicou uma matéria, que denominou de “representante do PT dentro da estatal”, com Wilson Santarosa, o gerente de comunicação da Petrobras. A área dele tem R$ 700 milhões para publicidade e patrocínios. Segundo a matéria, Santarosa que é funcionário concursado aposentado da empresa voltou a estatal no governo Lula e é indicação direta do presidente Lula. A matéria publica ainda que Santarosa tem um poder paralelo dentro da Petrobras e embora tenha uma posição hierárquica abaixo da diretoria executiva, segundo um diretor, quando questionado se um assunto já tinha passado pelo crivo do então presidente da empresa, José Eduardo Dutra ele perguntou: “Dutra. Quem é Dutra?”. Uma pergunta chama a atenção: a quem interessa as matérias que estão sendo publicadas no Globo e na Folha de São Paulo criticando o atual presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielle e o ex-presidente José Eduardo? Será que tem algo com a tentativa  de retomada do comando da empresa por setores do sudeste do país?

 

Déda: vamos destravar o PT

Em matéria divulgada ontem pela Folha de São Paulo foi publicado o seguinte trecho se referindo a Marcelo Déda:O governador eleito de Sergipe, Marcelo Déda, defendeu neste sábado (25) na reunião do diretório nacional do PT, em São Paulo, que a vitória do partido nas eleições de 2006 não se torne uma "anestesia". Para ele, a reeleição de Lula não significa que a população tenha perdoado os erros do PT. "Não fomos absolvidos", afirmou. Déda pediu mudanças no PT, incluindo a "desburocratização" do partido e a volta do debate de idéias entre os militantes. "O presidente quer destravar o Brasil. Vamos destravar o PT também. O partido precisa mudar. Não vai resolver punir três ou quatro militantes", afirmou. Para o governador, o PT não pode continuar agindo como uma "federação de pendências", onde só tem voz o militante que ingressa em uma delas. Integrante do Campo Majoritário, corrente interna mais forte do PT, e que está no comando do partido, Déda afirmou que  os militantes deixaram de disputar idéias e trocaram o debate por uma disputa pelo aparelho partidário. Para ele, este é o principal motivo das crises pelas quais o PT passou”.

 

 

Cadê os R$ 19,5 milhões destinados a Sase?

Como está na moda o assunto das ONG, não é o caso de se indagar afinal que fim teve a Organização da Promoção Social e de Saúde de Sergipe  – Sase? Essa entidade foi acusada de receber recursos significativos do Governo do Estado e não se sabe das prestações de contas até hoje. Foram recursos na ordem de R$ 19,5 milhões destinados pelo governo estadual a Sase. Em julho do ano passado a Sase foi noticia em jornais locais. Mas depois tudo sumiu, tudo se foi, tudo se transformou...

 

PT conta com eleitos para combater inadimplência

Trecho de matéria publicada na FSP de hoje:O secretário de Finanças do PT, Paulo Ferreira, já conta com a engorda do caixa do partido graças à eleição de cinco governadores petistas. Ferreira vai procurar os tesoureiros do partido no Acre, Piauí, Pará, Bahia e Sergipe para que atuem na cobrança da contribuição dos filiados (conhecida como "dízimo") que ocupam cargos em comissão. Além desses Estados, a secretaria de finanças do PT investirá no Ceará, onde o vice eleito também é petista.Com o esforço de combate à inadimplência, a intenção é arrecadar mais R$ 10 milhões por ano”.

 

 

Contrato da Ravele é rescindido I

Segundo informações de servidores da Deso, a Ravele - empresa contratada para prestação de serviços - pediu rescisão contratual. A empresa possui dezenas de funcionários na Deso, desde limpeza ao atendimento comercial. Um servidor denunciou que  está existindo pressão por parte de um diretor para que os funcionários peçam demissão e abram mão de seus direitos. Em troca têm garantida a contratação em uma outra empresa. O mais interessante é que o contrato foi rescindido no dia 31 de outubro e até hoje os funcionários continuam trabalhando.

 

Contrato da Ravele é rescindido II

Enquanto isso dos concursados foram chamados até o momento 300 servidores. O servidor também critica uma atuação mais forte do Sindisan que não faz nada para barrar a sangria das empresas terceirizadas que atuam na Deso. O mais interessante é que a empresa que venceu o processo para atuar no lugar da Ravele, não tem funcionários e até o momento ainda não assumiu suas funções.

 

TV Aperipê? É só fazer as contas... I

Vale a pena conferir o blog: http://caosconsensual.blogspot.com. Tem de tudo um pouco, principalmente cultura. Leia o texto publicado sobre o site da sistema Aperipê: “Uma decepção. Há três coisas bacanas na home: você pode assistir ao que está passando na TV ou ouvir os programas de rádio AM e FM do Sistema Aperipê de Comunicação. Todo o resto são nomes e fotos da diretoria, links para os sites governamentais, noticiosos ou de variedades. Dos 28 programas inclusos na grade de programação desta quinta-feira (23), apenas 6 são locais. Um deles, Batalha na TV, é transmitido em rede com a TV Cidade, então na minha conta não entra”.

 

TV Aperipê? É só fazer as contas... II

Continua o texto: “Somados os seis programas, notei que apenas 5 horas e 45 minutos do dia são utilizados para programação local, com direito a uma reprise do programa Aperipê Total, com duração de 1h45. Ou seja, quatro horas de programação inédita de verdade.Tirando os 90 minutos do programa de Batalha, sobram apenas duas horas e meia de programação feita pela TV Aperipê. Pouco, não é? E sabe do que mais? Eu acho que o site se atualiza automaticamente, já que não há mudança na programação semanal mesmo. Sabe porquê? Ou as pessoas são muito desatentas, ou estão muito ocupadas para corrigir ao menos os telefones da TV que constam no site. Eles ainda nem tem o 3 na frente”. Valeu!

 

 

Osmário está certo: cadê a preocupação com os rios de Sergipe?

Osmário está certo a bancada federal não colocou um centavo nas emendas do Orçamento da União para o meio ambiente  em Sergipe. E depois todos eles vêm com discursos em defesa do rio Sergipe e participam das mobilizações. Osmário, com o apoio de diversos segmentos da sociedade fez sua parte. E agora? Qual é a desculpa.

 

Não tem um centavo para rios e saneamento

Trecho escrito por Osmário: “É inconcebível  que a bancada sergipana em Brasília não tenha colocado  um centavo nas emendas do  Orçamento da União para os rios sergipanos, um centavo para saneamento, nem mais outro centavo para outras aplicações  no  meio ambiente.  Que decepção! Ou melhor: falta de sensibilidade! É preciso atentar: vários dos nossos mananciais já estão contaminados por esgotos domésticos (ex. o rio Sergipe, a sub-bacia do rio Poxim), inclusive essa contaminação já atingiu alguns pontos de captação da água para consumo humano”.

 

Com todo respeito: Cirurgia não atende os carentes

Desde que este jornalista trabalha em jornais todos os anos a bancada federal coloca recursos no orçamento da União para o Hospital Cirurgia. Detalhe: o Hospital que já prestou grandes serviços à população carente hoje tem dedica um percentual bem pequeno para os pobres. O resto tem que pagar. Outro detalhe: O Cirurgia nunca deixa de ter obra. Tem coisas em Sergipe que ninguém tem coragem de falar. Se o Cirurgia tivesse fazendo o papel dele o Hospital João Alves não estaria tão superlotado. Não é por falta de recursos.

 

Desperdício de energia nas escolas públicas

Uma leitora chamou a atenção para um fato interessante: o desperdício de energia elétrica que ocorre nas escolas públicas, tanto nas redes estadual como municipal de Aracaju. Em algumas delas as lâmpadas passam todo o final de semana acessas. Em época de reduzir os gastos públicos seria bom que os diretores de escolas públicas fizessem sua parte.

 

 

Programa de revitalização da bacia do “Velho Chico”

Dentro do programa de revitalização da Bacia Hidrográfica do São Francisco, a superintendência da Codevasf em Sergipe entrega na próxima quinta-feira, 30, matrizes e reprodutores de caprinos e ovinos a criadores do sertão sergipano. Será às 9h30 no povoado Curralinhos em Poço Redondo e às 15h em Canindé do São Francisco. Já na sexta-feira, 01, será realizado o café regional da abertura do 6º Feirão de Artesanato e Produtos Regionais do Baixo São Francisco, na sede da Codevasf, na Avenida Beira Mar, em Aracaju. E no sábado, 02, será inaugurado os sistemas de abastecimento de água nos povoados Serrão e Jenipapo (Ilha das Flores) e no povoado Saramém (Brejo Grande).

 

 

Teoria do Sucesso será lançado dia 14

No próximo dia 14 de dezembro, às 19h, o professor e administrador de empresas, Getúlio Pinto Sampaio lançará o livro “Teoria do sucesso: empreendedorismo e felicidade”, na Livraria  Nobel, na galeria Farol Center, próxima ao antigo Farol. Segundo o professor Teoria do Sucesso é resultado de vasta pesquisa e intensa busca por caminhos e definições em livros, revistas e jornais. “Este livro o ajudará a alcançar o sucesso, ensinando-lhe o caminho da satisfação pessoal e profissional! Aprenda sobre as dez regras para o sucesso, os estímulos motivacionais e como sanar adversidades”. O livro aborta ainda as características do sucesso, e as estratégias e táticas para fazer a diferença. O autor fornece, também, a Teoria do Sucesso em ordem alfabética, em que apresenta as mais famosas frases e conceitos sobre o assunto, facilitando a busca por soluções e sanando eventuais dúvidas administrativas.

 

 

Frase do Dia

“Precisamos de um novo modelo de disputa interna e de uma nova forma de composição da direção. O PT não pode virar uma confederação de tendências. Temos que ir à raiz do problema”, Do governador eleito Marcelo Deda em entrevista ontem ao jornal Globo defendendo a mudança na divisão interna do PT.

 

 

 

 

 

 



VEJA TODAS PUBLICAÇÕES DO BLOG
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Cláudio Nunes

Desde maio de 2006, tem um blog no Portal Infonet. Atua no jornalismo de Sergipe há mais de 15 anos, passando pela Gazeta de Sergipe, Jornal da Manhã, Diário de Aracaju, TV Sergipe e Jornal do Dia. Radialista e jornalista, em dezembro de 2006 publicou o livro "Liberdade da Expressão".
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030