O nome de Huck volta à baila
Anda e vira e o nome do TV-man Luciano Huck...
09/02/2018  08:30


Anda e vira e o nome do TV-man Luciano Huck volta às especulações de prováveis candidatos à Presidência da República. Como todos sabem, as ameaças da TV Globo ao seu apresentador fizeram-no desistir da candidatura. Desde então, porém, surgiram fatos novos, como a inelegibilidade do ex-Presidente Lula da Silva, provocada pela condenação em segunda instância pelo TRF-4 de Porto Alegre. Isso naturalmente pôs no páreo, agora com muito mais vigor o direitista Jair Bolsonaro, um nome que não é tão fácil de engolir. Talvez decorra daí a insistência no nome de Luciano Huck, embora este não tenha nenhuma experiência política anterior que pudesse credenciá-lo. Ele seria o Sílvio Santos desta eleição, mas, embora negue com certa insistência que vá se tornar candidato, o certo é que Huck vem movimentando as pedras deste jogo de xadrez com tanta insistência que não adianta ficar negando a candidatura que ninguém acredita. O problema maior esta no fato de que se Huck for candidato perde imediatamente o (excelente) emprego na Globo. A emissora também ameaçou Huck com a demissão de sua mulher, Angélica, que, junto com outros familiares, não é muito favorável à candidatura. Mas, Huck tem procurado lideranças políticas para conversar, animado com o fato de que o possível candidato do PSDB, o governador de São Paulo, não oscila nem para cima nem para baixo. Está um verdadeiro “picolé de chuchu” na corrida presidencial. E aí Huck acha que, sem Lula no páreo e Alckmin paralisado, suas chances aumentam significativamente.

...e Jackson desapareceu de cena.

Um grupo de amigos, conversando em torno de uma cervejinha bem gelada, questionava se o governador Jackson Barreto será mesmo candidato ao Senado. É que, diante da situação do Estado – crise brava na Segurança Pública, e pior ainda nas contas públicas – Jackson botará a cara à tapa nestas eleições? Não se contesta sua capacidade de arregimentar votos, mas é que a situação ficou tão preta que  dificilmente ele evitará vaias em qualquer comício por conta do atraso dos servidores públicos. O governo dele vive em permanente ameaça de greve geral e isso é perigoso para um líder popular e carismático. Desde o finalzinho do ano passado, Jackson reduziu suas aparições públicas e pouco tem se dirigido ao povo sergipano, seja pelo rádio ou pela televisão. Hoje, Jackson apenas sorri quando os comentários enfocam a crise enfrentada por Antônio Carlos Valadares, o pai, Senador rejeitado por todos os partidos da Oposição. Jackson certamente não gostaria, certamente, de estar na pele dele mas adora saber as agruras que Valadares está passando para viabilizar uma quarta eleição de Senador. Nesta mesma roda de bar, falava-se que se Valadares se eleger para um quarto mandato de Senador será um recorde nacional. E que sua conta bancária, todo mês, vai inchar até bater nos 100 mil reais.

Só Sepulveda na parada

O ex-Presidente Lula tem um novo advogado para lhe defender das acusações da Lava Jato. É o ex-Ministro do Supremo, Sepulveda Pertence, talvez um dos advogados mais caros de toda a América Latina. Dizem que sua contratação foi a peso de ouro:  50 milhões de reais, para livrar o ex-Presidente da cadeia e viabilizar sua candidatura nas eleições de outubro próximo. Pertence assumiu a defesa do ex-Presidente  acenando tentar anular o julgamento do TRF 4, de Porto Alegre, mas não é tarefa fácil um tribunal superior aceitar anular um julgamento de tribunal de recursos  a não ser  que haja um desvio escandaloso da lei, o que não se identifica no momento, sublinha o jornalista político Merval Pereira. Enquanto o novo presidente do TSE, Ministro Luiz Fux, registra que a candidatura de Lula é “irregistrável”, os seus advogados – Sepulveda Pertence à frente – tentarão empurrar o caso com a barriga para levar os recursos prolongadamente até permitir que sua candidatura seja registrada subjudice. Aos 80 anos de idade, Sepúlveda Pertence tem uma disposição impressionante para o trabalho. Como é uma estrela no seu ramo de atuação, Sepúlveda Pertence se dá ao luxo de conversar com todo mundo, de ministros do Supremo a políticos em foco nos noticiários.

André veta o Senador Valadares

O deputado federal André Moura, líder do governo Temer no Congresso Nacional, não aceita a inclusão do Senador Antônio Carlos Valadares entre os integrantes da Oposição. O filho, o deputado federal Valadares Filho, até é “palatável”, mas o pai  ninguém quer vê-lo pela frente. Acham que ele é “muito intrigante”, além de só querer “as coisas para si próprio”, nada de dividir com ninguém. Moura já teria tido problemas sérios com ele no passado e, em nome disso, prefere não tê-lo ao lado.

Sebrae quer melhorar produção de leite

29 produtores rurais atendidos pelo Projeto Sertão Empreendedor, além de técnicos do Sebrae e do Senar, participaram de uma missão técnica aos municípios de Monteiropolis e Batalha, em Alagoas. A visita serviu para viabilizar a troca de conhecimentos entre os criadores de gado dos dois Estados, além de apresentar aos sergipanos técnicas que auxiliam o aumento da produção de leite nas propriedades. Em Monteiropolis, o grupo conheceu a infraestrutura e o sistema de manejo dos animais utilizados na Fazenda São Luis, cujo rebanho é responsável pela produção diária de cerca de 5 mil litros de leite. Já em Batalha, os criadores visitaram a unidade comandada pelo empresário Luiz Otávio  que diariamente comercializa 500 litros do produto junto aos laticínios da região. De acordo com o gestor do Sertão Empreendedor, Luis Nakanishi, os encontros foram fundamentais para o grupo ampliar os conhecimentos sobre a atividade, criando assim a expectativa de melhoria de processos e o aumento da produção leiteira nas pequenas propriedades.  Sertão Empreendedor é uma ação desenvolvida pelo Sebrae e Senar para ajudar os criadores de gado leiteiro a superar os problemas causados pela seca. Em Sergipe, a iniciativa já beneficia 140 produtores de Nossa Sra. da Glória, Porto da Folha, Poço Redondo, Canindé do São Francisco, Frei Paulo, Carira e Ribeiropolis. Além do apoio técnico também foram criadas unidades demonstrativas em cada uma das cidades para facilitar o repasse dos conhecimentos a outros criadores. Na segunda etapa do projeto, outros 140 empreendedores do semiárido serão contemplados com as ações.



VEJA TODAS PUBLICAÇÕES DO BLOG
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Ruan dias
09/02/2018 às 13:36
Quero ver quem vai votar no candidato da Globo pista 🚫
Bjweb
09/02/2018 às 11:33
Esse é o mesmo Luciano Huck que construiu uma mansão em área de preservação ambiental, em Angra dos Reis, com o protecionismo de um certo Cabral? Eu heim! Será que o Brasil já não está um caldeirão?!

Ivan Valença

IVAN MACÊDO VALENÇA, 72 anos, começou a escrever para jornal aos 13 anos de idade, no Sergipe Jornal. A partir de 1958, aos 14 anos, praticamente profissionalizou-se, na Gazeta de Sergipe, como repórter. Em 1971 fundou, junto com o publicitário Nazário Pimentel, o “Jornal da Cidade”, inicialmente semanal, posteriormente diário, em “off-set”. Ultimamente vinha escrevendo colunas opinativas para o “Jornal da Cidade”.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030