São Paulo (SP): Liberdade é o oriente bem pertinho
Bom passeio de domingo em Sampa
07/04/2016  07:32


Lamparinas símbolos do oriente

A feirinha da Liberdade, que acontece todos os domingos no bairro da Liberdade em São Paulo (SP), é um manjar para quem gosta de apreciar a boa comida oriental e visitar lojas de decoração chinesa. Dos tradicionais yakisobas aos tempurás e guiozas, dos doces de feijão aos mais exóticos pratos orientais, a feirinha se transformou numa das principais atrações, a preço bem convidativo e bem na praça da estação de metro Liberdade.

Quando você sobe a escadaria da estação de metro Liberdade, já dá de cara com as barraquinhas da Feirinha da Liberdade e um emaranhado de gente que vai até lá aos domingos em busca das tradições orientais do bairro.

O aroma dos tempuras de camarão é um chamariz para que o visitante cometa de primeira o pecado da gula. Mas a dica é segurar um pouco mais e percorrer com calma as mais de 200 barraquinhas existentes na tradicional feirinha.

Louça chinesa é produto bem apreciado

Não vacile em esperar caso observe grandes filas nas barraquinhas que vendem os takoyaki e ebiyaki, bolinhos japoneses recheados de polvo e camarão, respectivamente.

Os também protagonistas das feiras são os tradicionais yakissobas, (macarrão mais grosso típico da China), e o yakibifum (massa japonesa fininha à base de arroz). Alguns boxes vendem pratos em quentinhas, como frango xadrez e yakimeshi, risoto chinês com ovo e presunto. Os preços variam de R$ 12 a R$ 18, a depender do tamanho.

Outras unidades servem petiscos como okonomiyaki (espécie de pizza japonesa), guioza (pastelzinho recheado de carne e vegetais), tempurá (vegetais e frutos do mar empanados) e baozi (pão recheado com vegetais e carne cozido no vapor).

No horário do almoço é quando a feirinha lota. É quando os tempuras e o brasileiríssimo espertinhos recebem mais procura, por ser uma opção mais rápida para se comer em pé. Há espetinhos de tudo que é sabor, desde o de carne ao espetinho de camarão.

Comidinhas chinesas e brasileiras

E quem disse que lá o turista também não apreciará a sobremesa? Os doces de feijão azuki são os mais procurados. De sabor levemente adocicado, muitos brasileiros acham o gosto exótico. Se quiser algo mais tradicional, procure as barracas de churros ou de cocadas.

Além da feira - Considerado a maior colônia japonesa do mundo fora do Japão, as ruas do bairro também são atrativos, tornando o bairro da Liberdade indispensável para quem visita a maior e mais rica cidade do Brasil.

As casas de produtos alimentícios orientais ficam lotadas de pessoas querendo comprar os temperos, as bebidas, os molhos e as massas diretamente importados dos países orientais. É interessante observar que encontra de tudo um pouco.

As vitrines de objetos de decoração e utensílios de casa chamam atenção, mas os objetos de louças são os mais cobiçados pelos brasileiros.

Jardim Oriental

Para que as tradições não sejam esquecidas, a associação dos comerciantes do bairro promove um calendário de eventos tradicionais japoneses que são incorporados à cultura de São Paulo.

O Toyo Matsuri, um festival oriental que conta com a participação das colônias japonesa e chinesa, acontece em dezembro. O objetivo da festa é agradecer as graças recebidas e pedir bênção para o ano que começa. Há também as comemorações do Ano Novo Chinês, do Hanamatsuri (Festival das Flores), em abril, e o Tanabata Matsuri (Festival das Estrelas), em julho.

Não esqueça: de passagem por São Paulo o bairro Liberdade é o pedacinho do oriente com cara de Brasil, bem pertinho de você.

Dicas de Viagem

  • Feira atrai turistas e paulistanos aos domingos

    Hospedagem é São Paulo é o que não falta. Dos tradicionais hotéis executivos de bandeira internacional ao preço que iniciam em R$ 120 aos mais luxuosos. A dica do Tô no Mundo é escolher uma hospedagem onde fique perto das estações de metro, a exemplo da avenida Paulista e adjacência.

  • Pode-se fazer o bairro da Liberdade com outra programação do Centro de São Paulo, ou até mesmo passar a tarde flanando pelo Parque do Ipiranga, mais distante, porém coberto com linhas de metro.

  • Há um conglomerado de lojas e restaurantes no entorno da feira. Portanto, não perca tempo em se distanciar muito daquele quarteirão.

  • Há uma localidade chamada de Jardim Chinês que deixou de ser uma área verde para ser uma área também comercial. Fotos: Silvio Oliveira

Na Bagagem

BNT Mercosul 2016

A bolsa de negócios acontece em Itajaí (SC), no período de 20 a 21 de maio, com atividades complementares em Balneário Camboriú e no Parque Beto Carrero World, onde será realizada a festa de encerramento. A grande novidade deste ano é o Business Center. Operadoras do Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile e Peru atenderão fornecedores da indústria turística com foco totalmente voltado para os negócios.

Prêmio campeão de vendas Beto Carrero World

Paralelo à BNT Mercosul acontece a entrega do prêmio campeão de vendas do parque Beto Carreiro para as agências que se destacaram em 2015.

Jornalista Cristina Lira é gente do turismo

A jornalista Cristina Lira abriu a programação de Encontro dos Profissionais do Turismo no dia 31 de março último, no TRYP Jesuino Arruda hotel, da rede Meliá, em São Paulo. Pela primeira vez, o encontro acontecerá em Cuiabá, no dia 19 de abril, no Paiaguás Palace hotel. O evento será aberto pelo presidente da ABAV-MT, Joari Proença.

Inscrições abertas para o Fiacult 2016

O Festival Internacional de Audiovisual do Comércio, Cultura e Turismo continua com inscrições abertas através do site oficial do evento. A pré-classificação no Brasil será em Florianópolis no mês de setembro e a premiação final na Itália, em outubro. O Festival já recebeu para 2016 filmes do Brasil, Itália, Tailândia, Portugal, Espanha, Chile, Croácia nas diversas áreas da hotelaria, destino, ecologia, náuticos, vídeos institucionais, 3D e publicitários.

Pórtico na praia de Atalaia

Boa sacada do Governo de Sergipe em colocar a típica frase "Eu Amo Aracaju" no pórtico de entrada da praia de Atalaia. Um outro local que agradaria seria a colina de Santo Antônio e a orla Pôr do Sol.

Contato: silviooliveira@infonet.com.br

Siga-nos: www.facebook.com.br/tonomundo



São Paulo: 15 lugares indispensáveis
Campos do Jordão (SP): bonita no verão
VEJA TODAS PUBLICAÇÕES DO BLOG
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Silvio Oliveira

Jornalista, especialista em Gestão da Comunicação e responsável pela fan page Tô no Mundo. Escreve sobre Turismo para o Portal Infonet desde 2009. Atuou em jornais, a exemplo do Correio de Sergipe e cadernos especiais do Cinform, além do Portal F5 News. Passou por Assessorias de Comunicação e Agências de Notícias do Governo de Sergipe, Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de Sergipe/ Projeto Mar de Sergipe e Alagoas e Prefeitura de Aracaju.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030