Webmail
Blogs


Compartilhar: 
01/03/2012 - 22:55
Policial militar é assassinado no Santa Maria
Cabo prestava serviço de segurança privada em loja

Corpo chegou ao IML por volta das 20h30 (Foto: Ascom PM/SE)

Um policial militar morreu assassinado no fim da tarde desta quinta-feira, 1º, no bairro Santa Maria, em Aracaju. Ele trabalhava como segurança em uma loja de materiais de construção da avenida Alexandre Alcino quando o crime ocorreu. Este foi o segundo homicídio contra militar em 10 dias. 

Segundo informações colhidas no local, o cabo Élder Freitas, da 4ª Companhia do 1º Batalhão de Polícia Militar, estava sentado em um banco na frente do estabelecimento comercial quando indivíduos armados fizeram disparos contra ele. Segundo a polícia, eram três os criminosos; já o Conselho de Segurança do bairro afirma que foram dois.

Os bandidos teriam se aproximado de Élder e logo atiraram contra sua cabeça. Com o guarda já no chão, eles chegaram mais perto e efetuaram disparos pelo seu corpo. Nada foi roubado da loja – aparentemente, os indivíduos estavam interessados apenas na arma do policial, que foi levada.

Além de Élder, outro homem acabou sendo ferido. Dono de uma banca de queijos vizinha ao comércio de materiais de construção, o vendedor identificado na área pelo prenome ‘Tadeu’ levou um tiro na barriga. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

No momento em que o Instituto Médico Legal (IML) realizava a remoção do corpo de Freitas, cinco viaturas policiais se encontravam no local. A operação que buscava os responsáveis pela morte do cabo também mobilizou um helicóptero.

Consternados, alguns membros do Conselho de Segurança do Santa Maria afirmaram que a violência no bairro é alarmante. “Eles andam com as armas à mostra, todo dia tem assalto a ônibus aqui”, disse Edir Alves Sobrinho, presidente do Conselho. De acordo com ele, falta policiamento ostensivo na região – na próxima sexta-feira, 2, a entidade deve entregar um relatório a respeito da situação ao Comando Geral da Polícia Militar.

Velório e enterro

A PM informa à tropa e aos amigos que o velório do soldado Elder ocorre no Velatório Osaf, na Rua Itaporanga, 436, centro da capital. O sepultamento do praça acontece às 16h no Cemitério São Benedito, localizado ao lado do Hospital Santa Izabel, na Avenida Simeão Sobral, bairro Industrial.

* A matéria foi alterada às 9h28 do dia 02/03/2012 para acréscimo da imagem do militar

Compartilhar: 
Comentários (44)
Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam o pensamento deste portal.
ANÔNIMOS
02/03/2012 às 08:47
O mesmo motivo é a certeza da impunidade enquanto o bandido tem o direito assegurado por lei de matar trabalhadores ´policiais tem que prender com a obrigação de protege-los e isso é uma vergonha...
jotajota
02/03/2012 às 09:48
Quando eu digo q verme não se cria, se elimina, ainda existe pessoas q dizem q eu estou fazendo apologia ao crime. Certo é um cidadão estar no seu trabalho e ser assassinado desta forma brutal. Morrer nas mãos de desocupados, marginais q não tem compromisso nenhum com a sociedade. Essa nata safada tem de ser exterminada na medida do possivel. Roubo, drogas e assassinatos, não justificam e nem dar o direito de vagabundos tirar a vida de niguem. Td q é nocivo tem q ser eliminado.
vigia
02/03/2012 às 20:59
deixe a policia, que paga pouco, e venha trabalhar de vigilante na educação para ganhar 520 reais
Atendimento ao Cliente 24 horas: (79) 2106-8000
Política de privacidade
Expediente
Anuncie no Portal
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José
Aracaju-SE, CEP 49015-030
Todos os direitos reservados