Julgamento de atentado pode se estender até o sábado, 12
O atentado ao desembargador ocorreu em agosto de 2010
10/04/2014  18:57
Os réus assistiram as reportagens (Foto: Portal Infonet)

O julgamento do atentado sofrido pelo desembargador Luiz Mendonça ocorrido em agosto de 2010 foi suspenso no início da noite desta quinta-feira, 10. Durante a tarde, os réus Alessandro de Souza Cavalcante (Billy) e o ex-policial Clodoaldo Rodrigues Bezerra tomaram ciência das provas documentais apresentadas, e assistiram atentamente as reportagens divulgadas na época do atentado.

De acordo com o promotor de justiça, Rogério Ferreira, a previsão é que o julgamento se estenda até a madrugada do sábado, 12. “Somente somando os tempos de interrogatório, votação e sala secreta, temos aí um total de aproximadamente 15 horas de trabalho. Considerando que várias paradas deverão ser feitas, é bem provável que o julgamento só deverá acabar no final da noite da sexta ou na madrugada do sábado”, diz.

Os réus serão ouvidos nesta sexta-feira, dia 11. Após os interrogatórios dos acusados, será iniciada a fase de debates.

Relembre o Caso

A tentativa de assassinato contra o desembargador Luiz Mendonça ocorreu na manhã do dia 18 de agosto de 2010. Ele havia saído do prédio onde mora com destino ao trabalho e quando passava pela avenida Beira Mar, foi surpreendido pela ação de quatro homens que dispararam mais de 30 tiros de pistola e escopeta. O desembargador sofreu apenas pequenos ferimentos por estilhaços de bala, mas o cabo da Polícia Militar (PM) Jailton Pereira, que trabalhava como motorista dele, ficou gravemente ferido.

Por Aisla Vasconcelos

Cristiano Barreto depõe em julgamento sobre atentado
Atentado: Luiz Mendonça depõe durante julgamento
Pistoleiros são julgados em crime contra desembargador
Corpo de Floro está sendo velado em clube social
Advogado de Floro diz que 'houve deboche'
Floro será sepultado nesta terça-feira, 12 em Teixeira de Freitas
SSP aponta Floro Calheiros como mandante do atentado a Luiz Mendonça
Atentado: três pistoleiros são presos em PE
Cabo Jailton Pereira, motorista de Luiz Mendonça, já está em casa
SSP nega novo crime contra Luiz Mendonça
Pistoleiros ainda não foram ouvidos
Luiz Mendonça visita motorista no Huse
Autoridades do país repudiam atentado contra Luiz Mendonça
Luiz Mendonça é novo presidente do TRE/SE
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
eudaqui
11/04/2014 às 07:39
O CABO JAILTON,QUE PERDEU A VIDA,POIS ESTÁ VIVO SÓ POR ESTAR,MAS A VIDA EM SÍ,MORREU,NÃO VIVE.SOBREVIVE E VEGETA,MERECE UMA GRANDE E MILIONÁRIA INDENIZAÇÃO POR PARTE DO GOVERNO,E UMA APOSENTADORIA IGUAL A DE UM CORONEL.............
Novidades
Anúncio
Classificados
Anuncie Grátis
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030