Terceirizados da Emurb permanecem em greve
Ferrari se reúne com representante de terceirizada nesta tarde
04/01/2017  12:27
Presidente da Emurb, Sérgio Ferrari, vai se reunir com um representante da empresa terceirizada para tentar resolver a situação (Foto: Arquivo Infonet)

Terceirizados que atuam na parte operacional da Empresa Municipal de Obras Públicas (Emurb) permanecem em greve, segundo informações da assessoria de comunicação da Empresa. Com isso, a realização dos serviços de manutenção da cidade, a exemplo da recuperação de vias, tapa-buraco, entre outros, estão prejudicados.

“O pessoal ainda está em greve, mas mesmo assim estamos com três equipes trabalhando no serviços mais urgentes da cidade. Temos uma equipe na Avenida Euclides Figueiredo, uma no Bairro Cirurgia e outra no Bairro Suíssa. São equipes pequenas, mas que estão trabalhando prioritariamente nas áreas que requerem mais atenção”, explica o assessor de comunicação da Emurb, Ademar Queiroz.

De acordo com ele, o presidente da Emurb, Sérgio Ferrari, vai se reunir nesta tarde com um representante da empresa responsável pela contratação dos terceirizados para definirem uma série de questões, inclusive o pagamento desses trabalhadores, que estão reivindicando a atualização dos salários referentes aos meses de novembro e dezembro.

Celetistas

A greve dos servidores celetistas da Emurb, que durou mais de um mês, foi suspensa, mas os representantes do Sindicato dos Empregados da Administração Indireta do Município de Aracaju (Seame), ainda tentam uma reunião com Sérgio Ferrari. “O que nós estamos cobrando da Emurb é a solução para esses atrasos”, explica o presidente do Seame, Claudio Leite.

Segundo ele, além da falta de definição com relação ao pagamento dos salários de dezembro, ainda estão atrasados valores dos tickets de refeição e vale-transporte referentes a três meses. “Os trabalhadores também estão cobrando o fechamento do Acordo Coletivo de Trabalho desse ano e do ano passado, assim como o pagamento de benefícios atrasados”, informa Claudio Leite.

Com relação ao pagamento do mês de dezembro o sindicato espera negociar com a direção da Emurb a definição de uma data, pois a empresa nos últimos meses vem desrespeitando a CLT, e pagando fora do prazo do 5º dia útil, fato que já levou o sindicato a ajuizar ação contra a empresa.

Por Moema Lopes

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030