Delegacias podem ter serviços suspensos por três dias
Os plantões continuam suspensos em 29 delegacias do interior
02/05/2017  10:37
Paulo Márcio irá se reunir com a SSP nesta terça, 2 (Foto: Arquivo Infonet)

Os serviços poderão ficar suspensos por 72h em todas as delegacias do estado. A decisão será avaliada em assembleia geral dos delegados que acontece na próxima quarta-feira, 3, em um hotel da Orla de Atalaia.

A decisão dará continuidade à suspensão dos plantões extraordinários que já acontece em 29 delegacias do interior onde não possui delegado titular.

De acordo com o presidente da Associação dos Delegados de Polícia Civil (Adepol), Paulo Márcio Ramos, permanece ainda a suspensão dos plantões extraordinários nas cidades de Propriá, Nossa Senhora da Glória, Lagarto e Estância.

“Foi à própria delegada geral que decidiu suspender os plantões até segunda ordem. Essas delegacias pelo dia trabalham normalmente, mas nos finais de semana e feriados atuam como plantonistas. Quem precisar de atendimento deve ir até Itabaiana. A manhã vamos decidir pela manutenção das medidas já adotadas pela categoria e se paralisamos por 72h”, informa o presidente da Adepol, Paulo Márcio Ramos.

Reunião

Nesta quinta-feira, 2, a direção da Adepol irá se reunir com a atual gestão da cúpula da Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE). Estarão presentes o presidente da Adepol, Paulo Márcio Ramoa, o secretário de segurança pública, João Eloi e a delegada geral Katarina Feitoza.

Em pauta, será discutida a mobilização dos delegados, bem como a Adepol irá cobrar um posicionamento da SSP quanto à reivindicação da categoria que inclui isonomia com a carreira dos procuradores, carga horária igual à da Polícia Militar (PM) e gratificação para delegados que acumulam delegacias.

SSP

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que neste final de semana funcionaram em regime de plantão as delegacias de Itabaiana, Nossa Senhora da Glória e Propriá. Já Estância e Lagarto ficaram sem realizar apenas os registros de flagrantes que foam encaminhados a Itabaiana.

Por Aisla Vasconcelos

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Assis Medeiro
02/05/2017 às 19:13
Interessante é que esses mesmos policiais que deixam a população entregue a própria sorte para reivindicar seus direitos, são os mesmos que prendem, que espancam, que idiciam os demais trabalhadores que vão para as ruas protestar. Vá entender...
Jose Carlos dos Santos
02/05/2017 às 10:56
Enquanto eles querem cada dia mais aumento de salário, nossa cidade e estado fica a deriva. Até igreja agora estão assaltando sem pudor. Nós cidadãos de bem andamos trancafiados em nossas casa com medo de sair as ruas. E eles só pensam em aumentar sua conta bancária.
Jessé Lima dos Santos
02/05/2017 às 12:16
Trágico, muito Trágico. Complicado!
Novidades
Anúncio
Classificados
Anuncie Grátis
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030