'Ela era meu tudo', diz mãe de Eliza Clívia
Os corpos dos dois serão velados na Paraiba
17/06/2017  18:33
Corpo da cantora foi aberto para visitação dos fãs (Fotos: Portal Infonet)

Fãs da cantora Eliza Clívia compareceram ao velatório Piaf na tarde deste sábado, 17, para dar o último adeus à cantora. Antes de deixar a capital sergipana, a mãe da cantora permitiu que houvesse o velório na capital.

“Ela era meu tudo”. Foi essa a expressão usada pela mãe de Eliza, Lucia de Fátima Maranhão, para descrever a filha. “Eu chamava ela de neném. Ela era tudo, filha boa, arrumou minha casa toda e agora acontceu isso. Ela estava muito satisfeita pela carreira solo e nasceu para ser cantora”, conta com lágrimas nos olhos.

Durante o velório, os fãs rezaram e se despediram da cantora. Ayla Roberta era fã da cantora e fez questão de vir de Lagarto para dar o último adeus a Eliza. “Tem 11 anos que acompanho ela para onde vai. Foi horrível saber da morte dela porque todos os momentos com ela foram incríveis. Já fui a Natal acompanhar ela e claro que viria aqui me despedi. Não sei como vai ser para voltar para casa", conta.

“A Eliza sempre foi atenciosa com a gente. Ligava para saber se tínhamos chegado bem, perguntava se a gente tinha comido e sempre nos oferecia algo", informou Erick Hora. "A interpretação dela e a forma como cantava qualquer música são únicas dela”, diz Erica Hora.

Velório

A mãe de Eliza, Lucia de Fátima também esteve no velório

O corpo de Eliza e de Sérgio serão encaminhados a Paraíba para que possam ser velados por familiares, amigos e fãs paraibanos. Ela será velada neste domingo, 18, na Câmara de Vereadores da cidade de Livramento e o enterro deverá ocorrer no turno da tarde, por volta das 14h, segundo informou a mãe da cantora. O enterro ocorrerá no Cemitério da Saudade. 

O velório de Sérgio Ramos também ocorrerá na Paraíba, mas ele será sepultado no domingo na cidade de Currais Novos no Rio Grande do Norte.

Acidente

O acidente que vitimou Eliza Clívia e Sérgio Ramos ocorreu na tarde desta sexta-feira, 16. O carro em que eles estavam colidiu em um ônibus do transporte coletivo no cruzamento entre as ruas Arauá e Maruim, no Centro de Aracaju. O motorista, o empresário e o sanfoneiro sofreram ferimentos e estão internados no Hospital de Urgências de Sergipe.

Eliza Clívia Angelino Maranhão tornou-se conhecida na época em que cantava na banda Cavaleiros do Forró. Ela também foi vocalista da banda Cavalo de Aço e atualmente se dedicava à carreira solo.

Por Aisla Vasconcelos

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Ruan dias
18/06/2017 às 16:21
A empresa não se mostra solidária as famílias envolvidas ! Sergipe parece uma província do atrazo , os mesmos políticos atrasando tudo até um simples equipamento não tem ! Vocês de fora não venham para Sergipe !!
fernanda
18/06/2017 às 13:49
Rapaz tu não tem o que falar cala tua boca cheia de coisas abomináveis, respeite este momento tão dolorido que é a perda de um ente querido, ainda mais tão jovem. Vá procurar serviço, vá rezar, PT??? RAPAZ PEDE PERDÃO A DEUS, IGNORANTE
rcambro
18/06/2017 às 09:54
fato, essas bandas de forró, que estimulam a promiscuidade, se multiplicaram na era PT em função de repasses federais. Gastou-se muito com essas "cultura", agora a fonte está secando e os pobres cantores de forró estão tendo de se deslocar em carros que são verdadeiras armadilhas. Palio, UNO, Onix, os mais inseguros do mercado. Aliado a isso vem a imprudência dos motoristas. Tudo muito previsível.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030