Obras da BR-101 não têm prazo de acabar
Consórcios têm dificuldades para dar andamento à duplicação
07/07/2017  17:04
Consórcios têm dificuldade para dar andamento a obras de duplicação na BR-101 (Foto: Arquivo Infonet)

As obras de duplicação da BR-101 norte, nos trechos dos quilômetros 00 até o 40 e 52 até o 77.3, não tem previsão para ser finalizadas. Os consórcios responsáveis pela execução dos serviços nos dois lotes têm dificuldades para dar andamento às adequações nas vias, e a atual situação da pista incomoda condutores em todo o Estado.

O caso mais delicado está no terceiro lote, entre os km 52 e 77.3. A empresa que tocava as obras pediu rescisão contratual, deixando empacados os procedimentos há quase dois anos. Quando o acordo for definitivamente rompido, um novo certame licitatório será estabelecido.

O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Gustavo Defilippo, lamentou os problemas. “Nossa maior preocupação é começar um novo contrato e colocar a obra novamente em andamento. O mais importante é atender a necessidade da população, que é ter a rodovia pronta”.

Os km 00 e 40 estão com as obras inertes, embora tenham sido retomadas em fevereiro deste ano. O consórcio também não consegue cumprir o que ficou estabelecido e será pressionada para prosseguir com a duplicação, sob o risco de também ter o contrato suspenso. “Temos verba para terminar a obra, e estamos tentando não perder o timing. Nosso intuito é finalizar tudo o mais rápido possível”.

Por Victor Siqueira e Aisla Vasconcelos

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
indignado
08/07/2017 às 09:12
Faltado poucos dias antes da eleição do ano que vem, essas obras milagrosamente irão ficar prontas, a politicagem funciona assim.
Josivaldo Dias dos Santos
07/07/2017 às 21:08
Vá gastar com Belo Marques, Pablo, Leonardo e Wesley Safadão!!! Quando acaba o dinheiro aí quer mais! ! Avança Brasil!!!
Cientista político
07/07/2017 às 19:12
Sergipe é um Estado fraco, politicamente falando! Uma bancada politica fraca, desunida e despreparada. Um Governador sem moral e sem prestígio algum. Deputados e senadores que só pensam em desfrutafem das benesses que o cargo propicia. Os Deputados estaduais nem se fala, parecem uns mortos vivos. E o povo burro, que ainda usam cabresto.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030