Delegada tem em mãos os laudos do caso Eliza Clívia
Análise dos relatórios será feita nos próximos dias
08/09/2017  17:38

Delegada tem em mãos os laudos do caso Eliza Clívia (Foto: Arquivo Infonet)

Eliza Clívia (Foto: facebook)

A delegada Daniela Lima, da Delegacia de Delitos de Trânsito, encarregada pelas investigações do acidente que vitimou a cantora Eliza Clívia e seu companheiro, ocorrido em junho deste ano, já recebeu os laudos periciais do caso e irá analisá-los nos próximos dias.

Foram quatro documentos diferentes entregues, contendo os detalhes do inquérito policial. A delegada afirmou que, antes de se manifestar, precisa examiná-los com cuidado. “São volumosos, bem feitos, e preciso ainda conversar com peritos, para tirar eventuais dúvidas. Ainda tenho que analisar”.

A investigação passa por etapas como análise de imagens, depoimentos dos sobreviventes e perícias no local do acidente.

O acidente

A cantora Eliza Clívia e seu namorado, Sérgio Ramos, morreram em decorrência da colisão do carro de passeio em que estavam com um ônibus, no encontro das ruas Marium e Arauá, no centro da capital sergipana. Além das duas vítimas, o motorista Cléberton José dos Santos, o empresário da banda João Paulo Torres da Silva e Paulo Teixeira de Carvalho, sanfoneiro, ficaram feridos.

Em perícia realizada em julho, a Criminalística apurou que o tacógrafo, que registra a velocidade do ônibus, estava quebrado.

As conclusões da investigação serão divulgadas, em breve, por meio de entrevista coletiva da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Por Victor Siqueira e Aisla Vasconcelos

MATERIAS RELACIONADAS
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Cardoso de Almeida
08/09/2017 às 20:33
Tantos holofotes, não sei o motivo. Tantos crimes de trânsito e não se tem o mesmo empenho. Há cerca de um mês um ciclista viaduto da Tancredo. Era um Zé ninguém, por isso não houve circo. Menos de um mês outro ciclista. Outro Zé ninguém. Somos hipócritas.
Douglas
08/09/2017 às 19:19
Edson, vai fazer o laudo então, já que é tão facil.
Edson Rodrigues
08/09/2017 às 19:11
ESSE VAI SER UM LAUDO FACIL DE CONCLUSÃO, NÃO SEI PORQUE TANTO SUSPENSE, ORA, A PREFERENCIAL ERA DO ONIBUS, O CARRO DA CANTORA TERIA QUE PARAR PORQUE EXISTIA UMA PLACA, NÃO PAROU, DE QUEM É A CULPA?
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030