Petrobrás alerta para possíveis explosões e vazamentos
Incidentes afetariam cerca de 8 mil pessoas na zona sul
10/10/2017  10:17

A área da petrolífera engloba três esferas contendo GLP (Fotos: Portal Infonet)

Riscos são explicados pelo gerente-geral da Petrobras

Defesa Civil de Aracaju é responsável por gerenciar plano

Órgãos de segurança do Estado, em conjunto com a Petrobras, estão reunidas para abordar medidas de segurança a serem adotadas em caso de vazamentos e explosões no Tecarmo, a unidade da petrolífera localizada na avenida Melício Machado, na zona sul de Aracaju. Incidentes podem afetar cerca de 8 mil moradores da região. Uma maquete e um vídeo interativo serão apresentados no evento.

A área da petrolífera engloba três esferas contendo gás liquefeito de petróleo (GLP). Incidentes como vazamentos ou explosões poderiam afetar esses milhares de pessoas da comunidade em um raio de 1 km do local onde o gás é armazenado. “Eles podem sair da atmosfera e causar impacto na comunidade com necessidade de evacuação”, diz Paulo Marinho, o gerente-geral da Petrobrás em Sergipe e Alagoas.

“Como o gás não é tóxico, não tem risco significativo para a saúde, mas causa um mal estar”, informa. "O ponto crítico seria uma explosão nas esferas", explica Marinho.

De acordo com o gerente-geral da Petrobrás em Sergipe e Alagoas, os riscos de ocorrer tais incidentes são mínimos, mas é necessário prevenir. “Essas ações são preventivas e não significam que vá ocorrer algum evento anormal. Mas caso ocorra, todas as ações de contingência são efetuadas envolvendo toda a comunidade”, informa.

A ação é organizada pela Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania de Aracaju, através da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil. “A Defesa Civil trabalha como órgão gerenciador do Plano de Evacuação da Comunidade dando procedimentos operacionais padrão tanto para os órgãos envolvidos, como passando o procedimento para a comunidade”, informa o coordenador-geral do órgão capitão Sílvio Prado. O Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar e  Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também fazem parte do evento.

por Jéssica França

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Anonymous
10/10/2017 às 12:51
A empresa pelo que sei chegou primeiro e não havia casas. Ao longo dos anos qual o prefeito que resiste ao lobby das construtoras para impedir a construção dos condomínios?
Ruan dias
10/10/2017 às 12:17
Petrobras além de explorar a população ainda pode explodir é isso?
Ed
10/10/2017 às 11:23
O título da matéria dá a entender que está para acontecer algo. Ficou bem sensacionalista.
Miga
10/10/2017 às 11:56
A infonet é um bom site de notícias, porém esses redatores são de longe inexperientes e mal alfabetizados. Eu fico imaginando como as universidades colocam no campo pessoas despreparadas para executarem essas tarefas. Até porque pelo que sei, precisam ser formadas em jornalismo. É de lamentar...
José
10/10/2017 às 12:32
Muito bem observado Ed e Miga, isso acontece com frequência, mas eles fazem "vista grossa" a nossas dicas.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030