SSP manda afastar PM que deteve cavalo
Comando Geral da PM ainda não se manifesta sobre caso
14/11/2017  12:18
Cavalo detido em Nossa Senhora Aparecida (Foto: reprodução de vídeo)

O secretário João Eloy, da Segurança Pública, determinou o afastamento do capitão Vagno Passos, do comando da 3ª Companhia do 3º Batalhão da Polícia Militar, por ter autorizado a detenção de um cavalo que aplicou um coice em um automóvel durante uma cavalgada em Nossa Senhora Aparecida.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Público não prestou maiores esclarecimentos, informando apenas que a determinação seria uma decisão administrativa do secretário João Eloy diante da repercussão que o episódio ganhou em nível nacional.

Apuração

Em nota, o Comando Geral da Polícia Militar confirmou o afastamento do capitão Vagno Passos do comando da 3ª Companhia, com sede em Ribeirópolis, e informou que o oficial permanecerá desempenhando normalmente as atividades militares no 3º Batalhão da PM, que tem sede em Itabaiana.

Na nota, o Comando Geral enaltece o trabalho exercido pelo capitão Vagno, observando que a ação por ele desencadeada na 3ª Companhia teria proporcionado redução de todos os índices criminais naquela região. “Notadamente os homicídios dolosos, conseguindo a marca de 120 dias sem que nenhuma vida fosse perdida na área de sua responsabilidade”, destaca a nota.

Explica a nota, que o oficial permanecerá trabalhando na sede do 3º Batalhão em Itabaiana até a conclusão das apurações que serão realizadas em torno de denúncias que envolvem maus tratos que o animal teria sofrido e as circunstâncias que motivaram a ação policial em Nossa Senhora Aparecida.

Por Cássia Santana

*A matéria foi alterada às 14h19 para acréscimo de informações enviadas pelo Comando Geral da PM

MATERIAS RELACIONADAS
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Luciana
15/11/2017 às 15:26
Se fosse o seu carro você gostaria que o PM não fizesse nada? Falar é fácil!
Afram
15/11/2017 às 08:02
Os servidores públicos estaduais levam coices mensalmente do governo estadual e nem por isso a administração estadual vai pressa. Resta saber qual o grau de parentesco do dono do carro com os policiais.
Felipe M
15/11/2017 às 08:33
Faltou à aula de interpretação de texto?
Cardoso de Almeida
14/11/2017 às 21:50
O delegado expôs a cidade verdadeira condição da segurança pública de Sergipe.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030