Adolescente confessa participação em assalto ao parque
Polícia Civil identificou os envolvidos no crime em Itabaiana
14/11/2017  18:11
Envolvidos em assalto ao Parque dos Falcões foram identificados (Foto: reprodução/redes sociais)

Um adolescente de 16 anos, que participou do assalto ao Parque dos Falcões, foi identificado e ouvido na tarde desta terça-feira (14) pelo delegado regional de Itabaiana, Fábio Santana, e passou detalhes da ação criminosa, apontando o cunhado, o ex-presidiário Valdeilson Luiz dos Santos, o "Dedé", 26, que se encontra foragido, como sendo o mentor do roubo. O depoimento aconteceu na Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), em Aracaju. Valdeilson é um criminoso conhecido na região de Itabaiana e Areia Branca e responde a processos por roubo e homicídio. O adolescente, que até então não tinha passagens pela polícia, teve o pedido de internação provisória solicitado ao juízo da Comarca de Itabaiana.

Segundo o delegado Fábio Santana, o adolescente reside no povoado Rio da Pedras, próximo ao acesso ao Parque, e por ser frequentador do local, era conhecedor de várias rotas para chegar e sair do Parque através da mata. Ao ser ouvido na presença da mãe, o adolescente disse que foi coagido a participar do crime, em virtude das ameças feitas por Valdeilson, criminoso temido na região. "Ele disse que na noite do sábado, o cunhado chegou em sua casa juntamente com outros homens, que alega não conhecer e no dia seguinte foi obrigado a levá-los até o Parque para execução do assalto", explicou o delegado.

Na versão do adolescente, Valdeilson e os comparsas estavam armados com uma pistola e três revólveres. No momento da invasão não haviam visitantes no Parque e o grupo roubou sete aparelhos celulares e uma quantia em dinheiro. Ele contou ainda que a intenção era levar várias aves de rapina, mas diante da informação que elas possuíam chips e não havia como retirá-los, o grupo acabou recuando e roubando cinco pássaros que estavam sem o equipamento.

O delegado Fábio Santana informou que as equipes estão mobilizadas no sentido de localizar o ex-presidiário e identificar os outros envolvidos na ação criminosa. Ele solicita a população que tiver alguma informação sobre o paradeiro do ex-presidiário ou sobre os comparsas dele, que entrem em contato com a polícia através do número 181 (Disque Denúncia).

Fonte: SSP/SE

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Indignada
15/11/2017 às 12:23
Se é adolescente a familia deveria se responsabilizar pelo crime também! Queria ver adolescente fazer mais nada se houvesse o poder fiscalizador da mãe com um bom pau para dar umas pauladas!!
Dias
15/11/2017 às 10:40
Sempre tem um menor em qualquer tipo de crime. Está na hora de mudar a maior idade penal.
Css
15/11/2017 às 10:09
DEPENDESSE DE MIM MATAVA ERA TODOS OS ENVOLVIDOS
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030