Transexual é encontrada morta em casa
Vítima morava só e IML constata morte por asfixia
16/04/2018  08:04
Millany: morte por asfixia (Foto: Grupo WhatsApp JP&Ana)

A transexual Millany Santos Figueiredo, 23, foi encontrada morta no domingo, 15, dentro da própria residência no Marcos Freire II, em Nossa Senhora do Socorro. Conforme o boletim de ocorrência registrado na Delegacia Plantonista, o último contato que a vítima fez com a família foi na sexta-feira, 13.

Neste contato, por telefone, Millany chegou a pedir orações, reclamando de fortes dores de cabeça e febre. A transexual mantinha um relacionamento amoroso com um rapaz que residia nas proximidades da casa da vítima, no Loteamento Mariana, que não se encontrava no local quando o corpo foi encontrado pela mãe da vítima.

Preocupada, a mãe decidiu visitar a filha no domingo, 15. Ela chegou na casa pela manhã e percebeu que a porta estava trancada. A mãe chamou, mas ninguém atendeu. Ela solicitou apoio de uma viatura policial, que se encontrava nas proximidades, e quando arrombaram a porta encontraram o corpo de Millany.

O Instituto Médico Legal (IML) registou asfixia como causa da morte. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Por Cássia Santana 

A matéria foi alterada às 8h58 para informar o nome social da transexual. Os registros oficiais da SSP não informam o nome social da vítima e só neste momento o Portal Infonet recebeu informações sobre este detalhe.

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Socialista de Shopping
16/04/2018 às 13:41
e o crime for de homofobia, deve ser punido exemplarmente e para parar essa onda seria o caso do SUS ajudar as pessoas com distrofia de gênero com consultas psicológicas para o enquadramento no sexo biológico.
PAULO NASCIMENTO
16/04/2018 às 12:18
NO DOCUMENTO É ANDERSON.
Paulo Loyola
16/04/2018 às 12:13
Nunca vi alguém colocar: "Católico é encontrado morto em casa". Mas quando é para enfatizar uma conduta sexual logo deixam em evidência. Isso é para gerar comoção pelo simples fato dele ter sido "trans"? Devemos analisar o que ocasionou a morte e não um julgamento baseado com um sentimentalismo irracional. Vivemos em um tempo que temos que provar que a grama é verde e a neve é branca. Meus pêsames aos familiares do rapaz.
Paulo Loyola
16/04/2018 às 12:23
Pelo jeito a Cássia não faltou a aula de Filosofia da Linguagem e Marxismo.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030