Corredor lançará exposição 'Sergipe Negro e Plural'
A mostra faz alusão ao Dia Nacional da Consciência Negra
13/11/2017  10:53
Ao todo, 14 artistas participam da exposição

Pinturas e elementos referentes à cultura afro-brasileira passam a ocupar as paredes do Corredor Cultural Irmão, da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), que será lançada na manhã desta terça-feira, 14. A mostra “Sergipe Negro e Plural”, que faz uma homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado no dia 20 de novembro em todo o país.   

Ao todo, 14 artistas participam da exposição que conta com pinturas em tela de Bosco Rollemberg, Caã, Cláudia Toscano, Dilson, Edioclésio, Fábio Pamplona e Suy Barros; esculturas de Gleide Selma, Josemir Costa (Ofá Modê), Marcelo Kernbeis e Zeus; xilogravuras de Jacira Mouram e Vilma Rebouças; e fotografias de Pritty Reis.

As menções honrosas desta edição serão dedicadas a pessoas referencias da cultura afro em diversas áreas, como a música, a literatura, o teatro entre outras. Os homenageados desta edição são: Santo Souza (in memoriam), Clélia Ferreira Santos, Luiz Carlos Vieira Tavares Rita de Cássia Maia Santos, José Ronaldo de Menezes (Zé Rolinha), Carlos Augusto Santos, Hippolyte Brice Sogbossi, Alexandra Dumas e Fernando José Ferreira Aguiar.

No lançamento da exposição, o público também poderá assistir a apresentação do consagrado grupo Um Quê de Negritude, formado por alunos do Colégio Estadual Atheneu. A mostra segue aberta ao público por todo o mês no Corredor Irmão que fica localizado na sede da Secult. 

Fonte e foto: Ascom Secult

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030