Torre, Cavo e a Coinpe concorrem à licitação do lixo
Hoje foi aberto o envelope com as empresas que participam
14/09/2017  12:03
Abertura das propostas (Fotos: Portal Infonet)

Foi aberto nesta quinta-feira, 14, o envelope do processo de licitação para a escolha da empresa que prestará os serviços de limpeza pública e coleta de lixo no município de Nossa Senhora do Socorro.

Três empresas se habilitaram a concorrer no edital, sendo elas a Torre, a Cavo e a Coinpe Construtora Ltda, situado em Paulo Afonso na Bahia.

Durante a abertura dos envelopes as empresas apresentaram a proposta de preços. Para realizar o serviço de limpeza e coleta de lixo, a Torre apresentou um custo de R$ 29 milhões, 863 mil, 343 reais, 04 centavos.

A Cavo ofertou R$ 33 milhões, 990 mil, 41 reais, 16 centavos. Já a Coinpe o valor foi de R$ 33 milhões, 635 mil, 966 reais, 25 centavos.

Após a abertura dos envelopes, a reunião foi suspensa para que as propostas sejam analisadas. A previsão da comissão técnica é que a análise seja concluída em até 10 dias. “Abrimos os envelopes que estavam lacrados na frente de todos. A comissão agora irá analisar a proposta e depois de 10 dias iremos convocar as empresas para anunciar o resultado”, diz Adenilton Cruz Tavares Santos, presidente da comissão.

Impugnação

Adenilton Cruz, presidente da comissão 

Participam da licitação as empresas Torre, Cavo e Coinpe de Paulo Afonso

O assessor de comunicação do município, Renato Nogueira, voltou a esclarecer os motivos que levaram a prefeitura a realizar a licitação global [sem lotes]. “A administração pensa e quer que a empresa que ganhe, tenha expertise para fazer tudo e a administração tenha condição de contactar apenas uma empresa caso tenha algum problema de varrição, recolhimento e podação.  Dividindo por lotes inviabilizaria ainda mais por conta do tamanho de Socorro”, informa.

Por Aisla Vasconcelos

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Cardoso de Almeida
14/09/2017 às 12:36
Vai feder. A Torre, a cabo e a outra envolvida. Boa coisa não sairá. É um processo de extensão de Aracaju?
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030