Economista dá dicas de como fugir do endividamento
Ano passado 60% das famílias sergipanas tinham dívidas
03/01/2018  15:25
120 mil famílias sergipanas estavam endividadas até segundo semestre do ano passado (Foto: Portal Infonet) 

Até o segundo semestre do ano de 2017, 60% das famílias sergipanas estavam com algum tipo de dívida, segundo levantamento da Federação do Comércio do Estado de Sergipe (Fecomércio). Para Luiz Moura, economista do Departamento Intersindical de Estudos e Estatísticas de Sergipe (Dieese), muitas pessoas se endividaram por necessidade justamente em um cenário econômico desfavorável, com altos índices de taxas de juros e desemprego. Mas ele dá dicas de como evitar esse endividamento ou até mesmo se livrar.

Confira na reportagem completa no vídeo: 

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Jhonny reacionário
04/01/2018 às 09:47
É triste a situação, quando esta elite bandida do sistema financeiro tomou o Estado para si em 2016, com o apoio das elites políticas, jurídicas e midiáticas nós sabíamos que a classe trabalhadora e a ralé seriam sangradas com juros escorchantes sobre tudo que consome. Depois vem os economistas da TV dizendo que a culpa é nossa, que não nós controlamos e não fazemos poupança com 954 reais por mês. #somostodosotários
Jose
04/01/2018 às 07:38
A gente faz ciências econômicas...pode ser PHD...passa a mensagem de como se ajustar economicamente...mas não consegue consertar o Brasil e muito menos Sergipe o menor estado federado...melhor chamar um pai de santo ou vidente...não resolve mesmo...kkkk
Cardoso de Almeida
03/01/2018 às 18:02
Simplesmente não compre nada.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030