Instituições verificam preços e qualidade de combustível
PC, ITPS, Procon, Inmetro, ANP e outras instituições
12/03/2018  08:58

Fiscal da ANP faz testes sobre a qualidade (Fotos: ITPS)

Fiscais do ITPS durante a operação

Em comemoração ao dia Internacional do Consumidor a Polícia Civil realizou, em postos de combustíveis na capital, a operação “Abasteça Seguro”. teve como objetivo averiguar, além dos crimes contra as relações de consumo, as questões relacionadas à precificação do combustível em comparação com as notas fiscais de aquisição do produto pelo revendedor; a conferência da quantidade fornecida, conforme indicação na bomba; o monitoramento da qualidade do combustível, volume de combustível medido pelas bombas, a regularidade da documentação fiscal do estabelecimento; a precificação de produtos comercializados e a disponibilização do Código de Defesa do Consumidor.

A operação foi realizada em parceria com o Instituto Tecnológico e de Pesquisas de Sergipe, o Inmetro, Agência Nacional do Petróleo- ANP, a Secretaria de Estado da Fazenda, o PROCON e a Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor da OAB.

A relação dos estabelecimentos foi catalogada por meio de denúncias realizadas pelos consumidores aos órgãos participantes.
Na operação, a Polícia Civil verificou se algum dos estabelecimentos visitados praticou os crimes contra a ordem tributária, a ordem econômica e as relações de consumo.

Já o Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe, que executa atividades metrológicas de competência do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia - Inmetro, delegadas ao ITPS, por força do Convênio firmado com o Governo do Estado de Sergipe, coube a verificação metrológica.

Durante os testes, os fiscais conferem o volume de combustível medido pelas bombas compatível com o preço e se cada dispositivo da máquina, tais como mangueira, painel e bico, estão em conformidade com a portarias Inmetro.

Fonte: SSP/SE

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Ben Rodrigues
12/03/2018 às 16:23
Há postos que dão nota voluntariamente, mas outros não, somente se pedir. Investiguem o posto 14 BIS na Heráclito Rolembergue e o posto Veneza, indo para o Bugio.
ADENILZA ALVES DOS SANTOS LIMA
12/03/2018 às 09:52
Sobre o abastecimento eu já abasteci duas vezes no posto shell da avenida Adélia franco próximo ao extra na segunda por e o combustível não subiu questionei com o gerente e o mesmo informou que quando eu saísse iria subi e nada, nunca mais abasteci la outra nem um posto da nota fiscal, abasteço em todos so da se o cliente pedir, ainda tem posto que se abastecer no cartão de credito aumenta o valor eu acho um absurdo eles querem aceitar cartão pro cliente pagar isso e absurdo!
Cardoso de Almeida
12/03/2018 às 09:24
A reportagem deve investigar e publicar claramente os postos que, por ventura cometeu crimes contra a ordem tributária. Listar quais os postos estão fraudando. A gasolina que abasteço desaparece em poucos KM. Há sim maior concentração de etanol nos combustíveis.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030