Procon, SSP e ANP interditam depósito clandestino de gás
Comerciante acusado de vender gás sem nota fiscal
14/03/2018  11:02

Botijões apreendidos (Fotos: SSP/SE)

Momento em que os fiscais interditam depósito clandestino

Um comerciante foi autuado por venda e armazenamento irregular de gás de cozinha nesta quarta-feira, 14, em Aracaju. A operação foi desencadeada conjuntamente pelo Procon Estadual, Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e por fiscais da Agência Nacional de Petróleo, que interditaram o depósito clandestino.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da SSP, o comerciante atuava no ramo de forma clandestina, sem autorização da Agência Nacional de Petróleo (ANP) nem também possuía os alvarás da Prefeitura de Aracaju e do Corpo de Bombeiros, que são indispensáveis para esta atividade.

O estabelecimento comercial foi interditado, cerca de 30 recipientes de gás, sem nota fiscal, foram apreendidos e o comerciante foi conduzido para a Delegacia de Polícia, onde prestará depoimento. A Polícia Civil quer identificar a origem dos produtos apreendidos e compreender como funciona o esquema desta atividade clandestina desenvolvida pelo acusado.

O Portal Infonet acompanha o desdobramento da ação, que continua sendo realizada na capital sergipana, e trará, posteriormente, informações mais detalhadas.


Por Cássia Santana

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030