Professores paralisam para cobrar plano de carreira
O piso salarial também foi uma das pautas do sindicato
12/06/2018  11:11

Professores cobram atualização de salários e plano de carreira (Fotos: Portal Infonet)

Os professores estão com plano de carreira destruídos

Professores ligados à Secretaria de Estado da Educação (Seed) de Sergipe paralisaram as aulas, nesta terça-feira, 12, para cobrar atualização do piso salarial e do plano de carreira da categoria.

“Nós estamos paralisados hoje em função da ausência de proposta do governo relativo ao piso e à carreira dos professores. Como estamos há cinco anos sem reajuste do piso, hoje os professores estão com plano de carreira destruídos”, explica o vice-presidente do (Sintese) Roberto Silva. De acordo com ele, no último dia 9, o Belivaldo Chagas recebeu a categoria, mas passou a pauta para o secretário da Fazenda. “Ele também nos recebeu, mas disse que não tinha poder para decidir”, comentou Roberto Silva.

Em nota, a Seed informou que “entende que a paralisação do Sintese é um direito”, entretando alega que “desde de 2018 o Governo de Sergipe paga o reajuste de 6,81% no piso salarial dos professores, passando de R$ 2.298,80 para R$ 2.455,35. O professor que menos ganha em Sergipe recebe o salário inicial de R$ 3.437,49. Não há nenhum professor na Rede Estadual recebendo abaixo do piso. Sobre esse valor ainda são pagos gratificações, como Regência de Classe (40%) ou Atividade Técnico-Pedagógica I e II (20% e 40%), bem como adicionais, a exemplo do Adicional de Triênio, correspondente a 5% do vencimento base a cada 03 anos de efetivo exercício”. A nota também informa que o limite do triênio é de 40% sob o vencimento. “O Governo ainda concede a Gratificação de Interiorização para os professores que precisam se deslocar para os municípios do interior de Sergipe”, alega o Seed.

por Jéssica França

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Armando Uchoa
13/06/2018 às 09:10
Essa é outra turma de preguiçosos, so fazem greve ensinar que é bom nada , bando de mercenarios
Conservador
12/06/2018 às 17:51
Mais uma greve política gerada pela esquerda. Essa é a real intenção: Fora Temer, Lula Livre e outras canalhices.
Carlos Alberto Souza
12/06/2018 às 15:02
NÃO CONSIGO ENTENDER: COMO 65 MIL SERVIDORES PERMANECEM CALADOS COM O DESGOVERNADOR TIRANDO ONDA, HUMILHANDO PAIS E MÃES DE FAMÍLIA!!! ESSE GOVERNO INCOMPETENTE ESTÁ FAZENDO COM QUE AS FAMÍLIAS DE SERVIDORES PASSEM NECESSIDADE E RESTRIÇÕES!!! SERVIDORES DO ESTADO TENHAM VERGONHA NA CARA - GREVE GERAL, JÁ!! FORA DESGOVERNADOR belivaldo/ jacskon barreto!!!
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030