Residentes da UFS protestam por melhores condições
A manifestação ocorreu na UFS e reuniu estudantes residentes e os Centros Acadêmicos dos cursos de Laranjeiras
30/10/2008  15:33

Estudantes reivindicam melhores condições nas residências
Os estudantes que moram em residência universitária da Universidade Federal de Sergipe (UFS),  assim como os representantes dos centros acadêmicos dos cursos localizados no Campus de Laranjeiras, fizeram na manhã dessa quinta-feira, 30, uma manifestação no restaurante Universitário (Resun). Eles reivindicam melhorias na situação dos residentes, assim como no CAIC de Laranjeiras, local onde acontecem as aulas da UFS na cidade.

Dentre os principais problemas apresentados pelos alunos estão o repasse desigual de dinheiro entre os estudantes do Campus de São Cristóvão, que recebem R$ 800 e os de Laranjeiras, que ficam com R$ 400 por mês. Outras questões são o atraso no pagamento da bolsa-alimentação, que, segundo os manifestantes, não está sendo repassada há dois meses, assim como a superlotação das residências, que chegam a ter nove pessoas dividindo um apartamento com dois cômodos e um banheiro.

Coordenadora de Assistência e Integração Estidantil
Durante a manifestação também era pedido que a coordenadora de Assistência e Integração dos Estudantes da UFS, Neilza Barreto, deixasse o cargo. O presidente do Centro Acadêmico de Museologia, Antônio Luiz Santos, explicou que são vários os problemas enfrentado pelos alunos que necessitam da Universidade. “Questões como infra-estrutura deficitária e no transporte, o que o torna muito dispendioso, são só algumas questões. Fora isso ainda precisamos enfrentar o péssimo tratamento e perseguição da coordenadora de Assistência e Integração”, disse Antônio Luiz.

A coordenadora de Assistência e Integração dos Estudantes da UFS, Neilza Barreto, afirmou que encara todas as reivindicações com tranqüilidade, ressaltando que os estudantes que fizeram manifestação no Restaurante Universitário representam um pequeno grupo de insatisfeitos.

Presidente do Centro Acadêmico de Zoologia
Providências

Questionada sobre como a universidade pretendia resolver as questões apresentadas pelos universitários, ela afirmou que reuniões já estão sendo feitas para isso. “Já começaremos a enviar alimentos aos residentes da cidade de Laranjeiras para que eles façam as refeições no final de semana. Além disso, a universidade está resolvendo o problema da necessidade do fiador, que antes era necessário para o aluguel de um imóvel. Quero lembrar também que o repasse do valor da alimentação, embora tenha atrasado esses mês, já foi pago”, explicou.

Segundo informações repassadas por ela, hoje os alunos residentes recebem uma bolsa residência no valor de R$ 702 que deve ser utilizada para pagamento de aluguel, gás, água, condomínio, energia e material de limpeza. Os moradores de Laranjeiras recebem também uma bolsa–refeição no valor de R$ 80. Os de São Cristóvão são liberados para fazer duas refeições por dia no Resun. 

Por Letícia Telles

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030