Jogadores do Confiança recebem premiação de R$ 80 mil
Gratificação foi relativa à permanência do clube na Série C
13/09/2017  18:09
(Foto: Confiança)

Na última terça-feira, 12, os atletas do Confiança receberam a premiação prometida para a permanência na Série C do Campeonato Brasileiro. O lateral Felipe Cordeiro, representante dois jogadores, recebeu das mãos de Hyago França, presidente do clube, um cheque no valor de R$ 80 mil como gratificação pelo feito.

O valor, que foi repartido entre os jogadores, representou uma soma de esforços: R$ 23 mil foram obtidos através de uma campanha feita por torcedores, enquanto os R$ 57 mil restantes foram levantados pela Federação Sergipana de Futebol e a diretoria do Confiança.

Para o presidente do Confiança, a premiação foi mais do que justa. “Tivemos um momento difícil na Série C, com risco de rebaixamento. Essa premiação pela permanência da competição representa o quão importante foi o feito dos nossos jogadores. Agradeço a todos os torcedores que colaboraram”, comentou Hyago.

Nova premiação
Após vencer a luta pela permanência, o Confiança faz uma campanha para levantar recursos para a premiação pela classificação para a fase seguinte da Série C. O clube disponibilizou urnas de coleta nos pontos de venda de ingressos para o jogo do próximo domingo, contra o São Bento, pelas quartas de finais da competição.

“A torcida pode doar qualquer valor, que essa premiação recompensará os nossos jogadores. Contamos com a ajuda da Nação Azulina para arrecadar esses recursos”, afirmou o presidente proletário.

Com informações do Confiança

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
marcos
14/09/2017 às 11:02
Bom, é importante a premiação, mesmo porque é um feito importante para o futebol sergipano. E só espero que o time faça Jus ao seu trabalho e torcida. E não abram mão de jogar para conseguir contrato no Guarani ou em outro time que ofereça. Afinal, numa situação dessas nenhum time continua com os jogadores depois, como foi o caso de um time há uns anos atrás. Esperamos que os jogadores sejam sérios e entendam o significado do que estão fazendo, pois o futebol é o ópio do povo infeliz e saqueado.
NAJARA SOLES NASCIMENTO
13/09/2017 às 18:24
Apesar de não gostar tanto de futebol, acredito que de ver tanta violência fiquei assustada, mas mesmo assim comprei 5 ingressos para distribuir com os familiares e porteiros do prédio para ajudar o Confiança ou podia ser qualquer outro time de Sergipe.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030