JB revoga decreto que permitia estudo sobre a Deso
Estudos para privatização da Deso serão tratados pelo BNDES
08/03/2017  20:22
Estudos tinham como objetivo a privatização da Deso (Foto: arquivo Portal Infonet)

O governador Jackson Barreto determinou a revogação do decreto que autorizava, por meio da Agrese, um estudo de viabilidade econômica e jurídica para a realização de uma Proposta de Manifestação de Interesse (PMI) para privatização da Companhia de Abastecimento de Sergipe (Deso).

Três empresas tinham demonstrado interesse no tema. Com a revogação do decreto, esse assunto será tratado exclusivamente pelo BNDES, que está realizando estudos nos estados do Piauí, Pará, Acre, Alagoas, Sergipe, Rio de Janeiro, Maranhão, administrados por governadores de vários partidos.

No último dia 22 de fevereiro, a desembargadora Elvira Maria de Almeida Silva, do Tribunal de Justiça de Sergipe, manteve a decisão judicial de primeira instância que suspendeu o Edital de Chamamento Público com Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) que tem como objetivo central a realização de estudos para um eventual modelo licitatório para privatizar a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso).

Fonte: ASN

MATERIAS RELACIONADAS
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030