Reajuste dos servidores da PMA ainda é incerto
Seplog explica que estudos de impacto está em andamento
17/06/2017  12:06
Seplog explica PMA está fazendo estudos de impacto (Foto: arquivo Portal Infonet) 

A Prefeitura de Aracaju não sabe se poderá conceder o reajuste salarial dos servidores. A medida, conforme a Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog), depende de um estudo criterioso e de aumento na arrecadação.

A Assessoria de Comunicação da Seplog informou que a atual gestão não encontrou o estudo de impacto e a projeção de aumento da receita [que deveriam ter sido elaborados na gestão passada], documentos necessários à concessão do reajuste em 2017.

“Esses estudos estão sendo elaborados agora e assim que houver um cenário favorável, o reajuste será implantado. Por enquanto, não existe perspectiva de evolução de arrecadação, mas perspectiva de queda na arrecadação municipal, estadual e federal”, explica o assessor de comunicação da Seplog, Hugo Sidney.

A Seplog ressaltou ainda que a PMA obteve alguns avanços como a recomposição do pagamento em dia, a quitação das dívidas com os exonerados e a evolução de gratificações, a exemplo do avanço de letra, concedido em março, que possibilitou um aumento de 3% no salário do funcionalismo público.

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Ruan dias
18/06/2017 às 08:59
Botaram comunista agora aguentem !
Jamile Santos
17/06/2017 às 21:45
Essa tristeza se estende para os funcionários da Saúde estadual, que como incentivo agora tem a promessa de não serem transferidos ou demitidos, se ficarem calados e não irem de encontro à nova forma de administrar de forma imperial de almeidinha. E os concursados são as maiores vítimas dos despautérios dos novos gestores da saúde. Resultado: os serviços se já não eram bons, caíram mais ainda! E não há a curto prazo sinal de melhores desse quadro. FUNCIONALISMO NA PENÚRIA TOTAL! E AÍ JACKSON?
Jamile Santos
17/06/2017 às 21:48
Sergipe é o pior Estado para se trabalhar hoje no país! Local que não se respeitam direitos e pratica a pior administração pública que poderia existir. Funcionários desestimulados e postos na base da causa e da crise criada por gestões de péssima qualidade! Bom para o pessoal tomar vergonha e escolher melhor seus representantes.
MARIO SERGIO SANTOS
17/06/2017 às 20:43
A PMA, vai seguir o exemplo do Estado de Sergipe, que nao repõe a inflacao no salario dos servidores do Estado ha 6 anos.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030