Edvaldo culpa ex-secretário por problemas internos
Prefeito diz que deu “carta branca” ao ex-gestor da Saúde
19/06/2017  10:07
Edvaldo: página virada (Fotos: Arquivo Portal Infonet)

O prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) classifica como encerrada a polêmica em torno do pedido de exoneração do ex-secretário André Sotero, da Saúde, revelou que desconhecia os problemas internos alegados pelo ex-gestor da pasta e garantiu que deu ‘carta branca’ para que o então secretário, enquanto gestor, pudesse solucionar os conflitos. “Algumas questões dependiam dele, ele poderia ter resolvido. Há questões que ele não podia ter permitido, enquanto secretário”, disse o prefeito. “Dei todas as condições e apoio para ele exercer plenamente o trabalho, infelizmente ele pediu para sair. Se havia disputa interna, ele deveria ter resolvido”, comentou, em conversa com o Portal Infonet.

Edvaldo Nogueira garante que desconhecia os problemas internos alegados pelo ex-secretário e que as questões dos critérios para pagamento das horas extras teriam sido debatidas internamente e que já estavam solucionadas, a partir das medidas adotadas pela Secretaria Municipal do Planejamento. Ele explicou que o erro foi cometido pela gestão anterior e que fora mantido nos dois primeiros meses pela atual gestão. O prefeito garantiu que as horas extras continuam sendo pagas regularmente, a partir de novos critérios que corrigiram as ilegalidades detectadas. “Um assunto que já vem sendo discutido desde o início da gestão e que já foi solucionado pela Secretaria do Planejamento”, comentou, fazendo referência às ilegalidades das horas extras.

Sotero silencia diante da opinião do prefeito

O prefeito Edvaldo Nogueira informou que não pretende retornar este debate e que a sua missão é dar continuidade aos trabalhos na Prefeitura de Aracaju, pensando no futuro. O prefeito diz que ainda não definiu o nome que substituirá definitivamente o ex-secretário André Sotero. Na interinidade, o prefeito nomeou a médica Waneska Barboza, que exercia o cargo de Diretora de Planejamento da Secretaria Municipal de Saúde.

O prefeito não confirma, mas também não descarta a possibilidade de confirmá-la como titular no cargo. “Se ela vai ficar ou não, ainda estou conversando”, comentou. “Ela é uma pessoa que tem plenas condiçoes, características, predicados e qualidades para permanecer como secretária, já exerceu vários cargos, é uma técnica que vem trabalhando há muito tempo na prefeitura”, enfatizou.

O Portal Infonet tentou mais uma vez ouvir o ex-secretário André Sotero, mas ele não atendeu às ligações telefônicas, nem deu retorno ao contato feito pela equipe de reportagem por meio de rede social. A redação permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

Por Cássia Santana

MATERIAS RELACIONADAS
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Maria Soraia
20/06/2017 às 14:48
Essa Waneska é mais uma da turma da Mônica. Foi escolhida como interina, com grande possibilidade de ser efetivada, porque é aliada de Mônica na SMS. A verdade é que a Secretaria está rachada. Uma parte com Mônica e outra parte com a Adjunta, que está sendo sabotada como Sotero.
Marcelo Almeida Alvarenga
20/06/2017 às 13:53
Tá na hora de corrigir a injustiça que Jackson Barreto fez ao exonerar Conceição Mendonça. Ela é o único nome que vejo em condições de tirar a saúde de Aracaju do caos. É uma mulher de ação, honesta, competente e trabalhadora e certamente não será uma secretária de gabinete. Edvaldo, nomeia logo Conceição Mendonça como Secretária Municipal da Saúde e estará fazendo um verdadeiro gol de placa.
rcambro
20/06/2017 às 09:02
a culpa é do FHC
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030