Vereadoras querem lei contra assédio em ônibus
Projeto foi protocolado na CMA e está em análise
13/09/2017  14:33
Kitty e Emília, juntas, estão preparando projeto (Foto: Portal Infonet) 

As vereadoras Kitty Lima (REDE) e Emília Correia (PEN) vão buscar a aprovação dentro da Câmara Municipal de Aracaju de um projeto de lei para ampliar as políticas e campanhas de combate ao assédio sexual dentro dos ônibus do transporte público de Aracaju. O projeto de autoria da vereadora Kitty já foi protocolado na Casa Parlamentar e está em análise em uma das comissões temáticas.

Na proposta da vereadora, a intenção é capacitar os profissionais que atuam no transporte para saber lidar com uma situação de assédio, criar um canal de denúncia, exigir o auxílio das imagens das câmeras de monitoramento para identificar o culpado e expor com cartazes e adesivos alertas sobre o crime. As duas vereadores estão subscrevendo o projeto. “A gente vê que os índices de abusos, assédios são assustadores. E nem sempre há incentivo para a mulher denunciar. Nós queremos fortalecer, dar um empurrão”, afirmou Kitty.

O caso recente de um homem que abusou sexualmente de uma mulher no transporte público de São Paulo/SP foi colocado como exemplo da necessidade de políticas públicas e campanhas dessa seara dentro do transporte coletivo. “É uma excelente iniciativa principalmente para proteger as mulheres que utilizam o transporte público e até inibir ação do ofensor com todos os alertas dentro dos veículos”, completou a vereadora Emília.

Por Ícaro Novaes 

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Antonio Cabral
13/09/2017 às 18:01
Não entendi! São vereadoras ou Deputadas Federais? Já não existe lei para isso? Não era melhor fiscalizar as contas da prefeitura que é o papel do vereador e deixar estuprador com a polícia???
Jose Raimundo de Sousa
13/09/2017 às 16:45
Parlamentares se esforçam para apresentar qualquer coisa, mesmo que seja coisas insignficantes, pois o que e preciso fazer, de verdade, da trabalho, e trabalho nimnguem quer ter. Um projeto que possibilite a frenagem da marginalidade, que não e dificil, ninguem quer fazer, pois isto da trabalho, entao agua com açucar e mais facil. O povo sendo assassinados, sendo assaltado, e as tai secretarias de juventude,e de esportes, so faz para as classes não necessitadas,falta cosciencia.
Marcelo Almeida Alvarenga
13/09/2017 às 16:10
Tenho orgulho de ser amigo das vereadoras. Parabéns Kitty Lima pela autoria do projeto e parabéns Emília por estar junto com Kitty nesta ação.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030