Babel: MPF recebe processo e investigará crime eleitoral
Áudios que envolvem réus em ação penal são mantidos em sigilo
10/10/2017  11:38
Eunice Dantas: documentos sigilosos (Foto: Portal Infonet)

A procuradora regional eleitoral Eunice Dantas já possui cópia do processo penal, que tramita no Tribunal de Justiça de Sergipe, fruto da Operação Babel, que culminou com a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) contra os donos da Torre Empreendimentos, servidores públicos da Prefeitura de Aracaju e membro do Sindicato dos Trabalhadores de Limpeza Urbana e Comercial do Estado de Sergipe (Sindelimp) por suposta fraude em licitação para a coleta de lixo e limpeza da cidade. Os documentos enviados pelo Poder Judiciário sergipana ao Miniterío Público Federal estão mantidos em sigilo de justiça.

A procuradora Eunice Dantas, representante do Ministério Público Federal, explicou que, nesta fase, será investigada a possibilidade de existência de crime eleitoral em benefício da campanha de Edvaldo Nogueira (PC do B) para a Prefeitura de Aracaju, nas eleições de 2016. Segundo a procuradora, será investigado o destino dos saques volumosos feitas pela Torre Empreendidos que teriam ocorrido nas vésperas das eleições e também o conteúdo dos áudios decorrentes da interceptação telefônica feita durante as investigações realizadas pelo Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap).

A procuradora regional esclarece que só iniciará a análise dos documentos contidos na cópia do processo encaminhada pela 3ª Vara Criminal daqui a 15 dias em função de outras prioridades que envolvem pedido de cassação de registro de vereadores e prefeitos eleitos em 2016, que devem ser analisados pela Procuradoria Regional Eleitoral.

Ela explica que as investigações, por suposto crime eleitoral, que estarão em curso não afetarão o mandato de Edvaldo Nogueira. Os prazos para a respectiva ação judicial já expiram, uma vez que estes procedimentos judiciais só podem ser realizados até a diplomação ou, no máximo, 15 dias após a diplomação, conforme observou.

Por Cássia Santana

MATERIAS RELACIONADAS
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Luiz Mendes Freitas
11/10/2017 às 14:10
"Vereador quer celeridade nas investigações da Operação Babel. Quem? Élber Batalha.É um baluarte! E a celeridade das investigações e o julgamento quanto às verbas indenizatórias da Câmara Municipal de Aracaju, VEREADOR ELBER, nada diz? Como está o andamento, afinal, o vereador deveria dar ciência ao povo, fazer um forte pronunciamento na Câmara de Aracaju. Afinal, é o dinheiro do povo que estava/está em jogo.
Dias
11/10/2017 às 10:59
Dra. Eunice Dantas, a senhora como poucos neste tipo de atividade vai enxugar gelo. Infelizmente pessoas sérias como a senhora e outras poucas que existem, não irão muito longe. Pois, como sabemos, poderosos estão envolvidos e logo que a corda apertar o pescoço deles, farão o mesmo que fizeram com a delegada. Mas desejamos boa sorte.
Filho de Davi
11/10/2017 às 15:42
Imagine se não tivessem estes "enxugadores de gelo"?! Realmente, é difícil o combate a tantos corruptos, mas ainda creio que a coisa vai melhorar. Não podemos desacreditar.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030