Vereadores abrem sessão e mantêm prazo da CPI do Lixo
Sessão havia sido suspensa por morte de marido de servidora
07/03/2018  15:31

Vereadores abrem sessão e prazo para instalar CPI é mantido (Foto: Assessoria Parlamentar de Lucas Aribé)

A Câmara de Vereadores de Aracaju havia anunciado que o expediente desta quarta-feira, 7, não aconteceria em virtude do falecimento do marido de uma funcionária com mais de 40 anos de trabalho no parlamento.

No entanto, cinco vereadores, da oposição e bancada independente – Américo de Deus (Rede), Cabo Amintas (PTB), Emília Correia (Patriota), Kitty Lima (Rede) e Lucas Aribé (PSB) – compareceram e realizaram a sessão por suspeitar que a mesa diretora aproveitou-se do fato para ganhar tempo e não instalar a CPI do lixo, conforme determinação judicial, e também a CPI da saúde, como havia garantido o presidente Nitinho Vitale (PSD).

A ata foi escrita à punho por conta da ausência dos servidores da Casa. Com a validade da sessão, aberta com quórum mínimo e com duração de 11 minutos, o prazo regimental de três expedientes está mantido.

O líder da oposição, Cabo Amintas, falou sobre a suspeita do grupo.  “Considero uma falta de respeito para com a família da servidora se utilizar de um momento de dor para não comparecer ao plenário e protelar a instauração das CPIs. Todos nós, que estamos aqui, fomos ao velório, demos um abraço na querida servidora, na família, continuaremos acompanhando este momento triste, mas querer chamar o povo de Aracaju de besta, isso não vamos admitir. Viemos, abrimos e encerramos a sessão, o que é legal, de acordo com o regimento da casa”, apontou.

Estava prevista também, para esta manhã, a prestação de contas do secretário municipal da Fazenda, Jeferson Passos. Lucas Aribé, lamentou a o anúncio de suspender a sessão. “O povo nos paga e cobra, devidamente, a presença e o trabalho. O parlamento está aqui para, em três dias na semana, se manifestar, votar, apresentar projetos, discutir, enfim. O secretário iria prestar as contas do último quadrimestre de 2017 no mês de fevereiro, não veio, e agora não se sabe quando ele vem”.

Em uníssono, os vereadores colocaram as comissões parlamentares de inquérito como primordiais para o momento. “É justo com a população que está esperando o resultado de duas CPIs, por isso realizamos a sessão de uma forma que possa valer legalmente”, completou a vereadora Kitty Lima.

Nossa equipe procurou a assessoria de Comunicação da Câmara de Vereadores e o presidente Nitinho Vitale (PSD), mas não tivemos as ligações atendidas. Estamos à disposição pelos telefones 2106-8000 e através do e-mail jornalismo@infonet.com.br.

Por Victor Siqueira
Com informações da assessoria parlamentar de Lucas Aribé

MATERIAS RELACIONADAS
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Carlos Alberto Souza
07/03/2018 às 19:59
nitinho E edvaldo nogeuira TEM UMA TORRE DE MOTIVOS PARA NÃO INSTALAR A CPI DO LIXO!!!! LAVA JATO EM SERGIPE, JÁ"!!! CHEGA DE CORRUPÇÃO!!
Magalhães
07/03/2018 às 16:24
Para fugir dessa CPI, os vereadores oportunistas e de situação, vão pra velório, enterro, missa de sétimo...
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030