Pediatras não atendem em 16 planos de saúde
Devido à falta de negociações, pediatras decidem por suspender atendimento
24/01/2011  11:52

Foto ilustrativa
Os médicos pediatras que atendem na rede privada de saúde suspendem por 15 dias a partir dessa segunda-feira, 24, o atendimento em 16 planos de saúde. A suspensão é fruto da falta de uma negociação dos planos de saúde com os médicos, que exigem um reajuste no valor das consultas além de inclusão de novos procedimentos pediátricos como teste do olhinho e puericultura nos planos de saúde.

Segundo o médico e vice-presidente da Sociedade Sergipana de Pediatria, Ricardo Gurgel, são cinco anos sem reajuste. “As mensalidades dos planos de saúde sofrem reajuste, mas o valor da nossa consulta não”, disse o  vice-presidente, informando que dentre as negociações há uma exigência de que se faça o reajuste periodicamente. Além disso, ele informa que a Sociedade Sergipana de Pediatria tentou negociação com os planos de saúde e até semana

Vice-Presidente da Sociedade Sergipana de Pediatria, Ricardo Gurgel (Foto: Portal Infonet)
passada, não obtiveram resposta. “Depois do anúncio de suspensão, três planos de saúde já procuraram a sociedade para possível acordo.

Os planos de saúde que se encontram com o setor da pediatria suspensos são:

Amil, Blue Life, Deso, Fusex, G.Barbosa, Gama, Geap, Golden Cross, Hapvida, Medservice, Norclínicas, OAB, Plamed e Sul América.


 

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030