Enfermeiros rejeitam proposta da PMA e entram em greve
Categoria diz que vai manter o efetivo mínimo nas urgências
26/01/2017  18:30
Sindicato dos Enfermeiros entram em greve após rejeitar proposta da Prefeitura / (Foto: Seese)

Além dos médicos, outra classe da saúde paralisou as atividades. O Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Sergipe (Seese) rejeitou a proposta da Prefeitura de Aracaju e cruzou os braços. 


A categoria irá manter um efetivo de 30% a 50% em urgências e de 30% em demais unidades de saúde. A reivindicação é que seja quitado o salário do mês de dezembro, que ainda pendente. A gestão municipal sugeriu que o pagamento fosse parcelado em 12 vezes ou feito através de empréstimo. “Vai ser mantido um efetivo mínimo porque sabemos que não podemos dar desassistência à população, mas vemos com indignação a proposta da Prefeitura, que é inviável”, afirma Shirley Marshall, presidente do Seese.


Segundo a sindicalista, o pagamento do mês de janeiro está agendado para o próximo dia 31, mas a categoria irá assimilar como referente ao mês de dezembro. “Os valores que serão creditados no fim do mês para os ativos e no dia 07 de fevereiro para os inativos valerão como os atrasados. Os pagamentos precisam seguir ordem cronológica”, explica.  “O que é discursado pela administração acaba sendo diferente na prática”, reclama a presidente.

No dia 1º de fevereiro, haverá nova assembleia para avaliação do movimento grevista.

A Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que somente a Secretaria de Comunicação (Secom) e Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplog) poderiam falar sobre o assunto. O Portal Infonet buscou contato com Luciano Correia, secretário de Comunicação, Jefferson Passos, secretário de Planejamento e com o gabinete do prefeito Edvaldo Nogueira, mas não obteve êxito. Permanecemos à disposição pelo e-mail jornalismo@infonet.com.br e através do telefone 2106-8000.

Por Victor Siqueira e Verlane Estácio

MATERIAS RELACIONADAS
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Luiz Mendes Freitas
27/01/2017 às 09:11
"Médicos fazem a leitura do ponto biométrico, cruzam os braços e não atendem a ninguém" Nenoticia: http://www.nenoticias.com.br/100573_saude-recebe-denuncia-de-que-medicos-fazem-a-leitura-do-ponto-biometrico-cruzam-os-bracos-e-nao-atendem-a-ninguem.html Estes são os ótimos profissionais da saúde? Que a polícia, o Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público de Sergipe - seja lá quem for, apure responsabilidade criminal destes profissionais.
Ruan dias
27/01/2017 às 08:07
Denuncie os comissionados indicados pelo prefeito se não vai faltar dinheiro para o funcionalismo.
Nana
26/01/2017 às 22:55
O Prefeito devia ter nomeado vossa santidade Netto ao cargo de secretário de saúde! O q é q adianta entregar o cargo a alguém que tem influência política, é reconhecido no meio profissional, tem bom relacionamento, entende de gestão e de administração pública e é engomadinho, mas que é LADRÃO? Dr. André é homem de conduta ilibada tanto profissional como homem e é disso q precisamos!
Novidades
Anúncio
Classificados
Anuncie Grátis
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030