Greve dos enfermeiros deve ser mantida
A categoria rejeita o parcelamento salarial proposto pela PMA
17/02/2017  15:29
Presidente do Sindicato dos Enfermeiros de Sergipe, Shirley Marshal Díaz Morales (Fotos: Arquivo Portal Infonet)

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde, Augusto Couto

A greve dos enfermeiros que atuam na rede municipal de saúde, que completa 23 dias nesta sexta, 17, pode continuar por tempo indeterminado. Isso porque a categoria é contra a proposta da prefeitura de Aracaju, de parcelar o salário dos servidores públicos referente ao mês de dezembro em 12 vezes, ou o de assumir os juros dos servidores que optarem pelo empréstimo consignado realizado pelos Bancos do Banese e Caixa Econômica Federal.

“Nós vamos realizar uma assembleia na próxima segunda, ou terça-feira para a categoria decidir pela continuidade, ou não, da greve”, informa a presidente do Sindicato dos Enfermeiros de Sergipe, Shirley Marshal Díaz Morales, ao ressaltar que os representantes do sindicato ainda aguardam uma reunião com o prefeito Edvaldo Nogueira.

“A gente é contra o projeto no formato que ele foi apresentado ontem. Sabemos que uma parcela dos servidores vai recorrer a esse parcelamento. Os enfermeiros chegaram a aceitar o parcelamento até seis ou cinco vezes, mas não até 12 vezes”, informa, ao ressaltar que o Sindicato dos Enfermeiros vai tomar as medidas judiciais cabíveis. “Os enfermeiros tem uma situação mais peculiar, pois já havia uma decisão em juízo nesse sentido”, explica.

Já o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde (Sintasa), Augusto Couto, informa que os servidores optaram por pegar o empréstimo. “Ele vai sacar e a prefeitura é quem vai pagar os juros. Melhor assim do que ficar sem receber salário”, disse o sindicalista. O Projeto de Lei (PL) nº 25/2017 do Poder Executivo de Aracaju foi aprovado nesta última quinta-feira, 16, em 1ª, 2ª, 3ª e redação final na Câmara Municipal de Aracaju (CMA).

A proposta

O PL concede abono vencimental especial, de caráter indenizatório e transitório, aos servidores públicos, ativos ou inativos, aos empregados públicos da administração pública municipal – Poder Executivo, e aos pensionistas pagos pelo tesouro do município ou pelo instituto de previdência do município de Aracaju – Aracaju Previdência.

A emenda que altera a redação do artigo 5º do Projeto de lei nº 25/2017 - que assegura ao servidor público que não optar pelo recebimento do presente abono, o recebimento do salário relativo ao mês de dezembro de 2016, em cinco parcelas, sucessivas e iguais a partir do mês de março de 2017 - foi rejeitada por 12 votos.

Por Moema Lopes

Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Ruan dias
18/02/2017 às 07:21
O interesse é ver que as pessoas não se mobilizam para protestar contra altos salários de políticos , justiça entre outros .. mais para balançar a bundinha no carnaval estão lá ... Triste país triste estado triste cidade ..
eudaqui
17/02/2017 às 21:26
A GREVE DEVE CONTINUAR,MAS O PREFEITO TEM A OBRIGAÇÃO DE CORTAR OS PONTOS DOS TRABALHADORES,POIS NÃO É JUSTO QUE O POVO PAGUE A QUEM NÃO TRABALHA,ALIÁS,NEM MESMO OS GREVISTAS DE ÁREA NENHUMA,GOSTAM DE PAGAR A QUEM NÃO TRABALHA,ENTÃO NADA MAIS JUSTO QUE O PREFEITO CORTE O PONTO, E DEPOIS DE 30 DIAS,TEM QUE SER DECRETADO ABANDONO DE EMPREGO.....
Jamile Santos
17/02/2017 às 16:11
É, o Brasil passa por um momento conturbado na política e na economia. E nesse rebalde, quem sofre é o trabalhador e o ente mais fraco e pobre - aliás, como sempre foi! Agora, junto com a reforma da previdência, estamos vendo um achincalhe tupiniquim na reforma trabalhista, que ao contrário do que dizem, irá promover legalmente o retorno da escravidão em nosso país. Senão, vejamos:fim das horas extras/fim da multa rescisória sem justa causa/fim das férias/aumento de jornada.É pouco ou quer mais?
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030