Hosp. Câncer: Governo rescindirá contrato com empresa
Para o governo, a empresa não realizou nem 4% dos serviços
11/10/2017  14:02
Para o governo, a empresa não realizou nem 4% dos serviços (Foto: Arquivo Infonet)

Durante visita ao canteiro de obras do Hospital do Câncer, na manhã desta quarta-feira, 11, o governador Jackson Barreto anunciou a rescisão do contrato com a empresa vencedora da licitação e responsável pelos serviços por conta dos atrasos na execução da obra. A ordem de serviço foi assinada em fevereiro deste ano, porém a empresa não realizou nem 4% dos serviços.

O secretário de Saúde, Almeida Lima, acompanhou a visita e informou que o Estado buscará o rompimento do contrato de forma amigável e explicou as dificuldades financeiras que o Consórcio Honcose, formado pelas empresas Pórtico Construções Ltda e a WVG Construções e Infraestrutura Ltda, enfrenta no avanço da construção do Hospital.

“O governo decidiu propor uma rescisão amigável do contrato e é o que a secretaria de Saúde vai encaminhar e, alternativamente, não sendo possível, será feito uma rescisão unilateral por parte do Estado. Tudo isso porque a empresa tem se mostrado sem condições de realizar a obra por falta, inclusive, de recursos financeiros para bancar, faturar e receber, já que os recursos estão disponibilizados na caixa Econômica”, disse.

Hospital do Câncer

A construção do Hospital do Câncer tem o objetivo de ampliar o atendimento oncológico no estado. São mais de R$ 126 milhões investidos no projeto, terraplanagem, prédio e equipamentos. A autorização para início das obras foi assinada em fevereiro deste ano.

O projeto prevê unidades de emergência, de fisioterapia, ambulatorial e laboratorial, centro de tecnologia para transplante de medula, dois aceleradores lineares, dois bunkers e radioterapia, braquiterapia, ressonância magnética, unidades de cintilografia e mamografia, tomógrafo e radiografia. Além de 170 leitos, sendo 120 leitos adultos, 30 infantis e mais 20 de UTI (10 adultos e 10 pediátricos).

Fonte: ASN

MATERIAS RELACIONADAS
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Pereira
11/10/2017 às 18:21
Com certeza! Próximo ano irão às urnas risonhos, tentando convencer os outros de seu candidato é o melhor, dando entrevistas falando como o voto é importante...E lá se vão mais quatro anos pelo ralo...
Ruan dias
11/10/2017 às 17:13
Bolsonaro
Marcos Vinicius
11/10/2017 às 16:46
Misericórdia. Oito meses para propor uma rescisão de um contrato que simplesmente não avançou. O Estado é extremamente inoperante e moroso. Há pessoas no poder que simplesmente não se colocam no lugar do próximo. Qualquer governante com o mínimo de compromisso, já teria tomado atitudes mais drásticas.
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030