Servidores vão parar Hospital de Cirurgia
Sem salários, trabalhadores enfrentam dificuldades e choram
18/01/2018  12:06
Servidores em uma das manifestações na porta do Hospital de Cirurgia (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Os servidores do Hospital de Cirurgia estão dispostos a suspender todos os serviços, mantendo apenas o efetivo mínimo de 30% na instituição para garantir a prestação dos serviços à população. De acordo com informações do presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Área de Saúde (Sintasa), Augusto Couto, a situação é dramática e há servidores chorando em função das dificuldades financeiras que a categoria está enfrentando.

Os servidores ainda não receberam os salários referentes ao mês de dezembro nem também a remuneração natalina, que deveria ter sido paga até o dia 20 de dezembro do ano passado, segundo informações do Sintasa. “Eles não têm nem mais o que comer, a situação é triste”, resume Augusto Couto.

A direção do Hospital de Cirurgia assumiu compromisso com a categoria de efetuar o pagamento dos salários do mês de dezembro na quarta-feira, 17, mas não houve avanço, segundo Augusto Couto. Sem salários, os servidores prometem cruzar os braços a partir da tarde desta quinta-feira, 18.

Em nota enviada ao Portal Infonet, a assessoria de imprensa não define data para pagamento. Segundo a nota, a direção do Hospital de Cirurgia está viabilizando, com a ajuda do secretário de Estado da Saúde, uma antecipação de receitas para que seja feito o pagamento do salário dos médicos, dos funcionários e do 13°. Os trâmites burocráticos, conforme a nota, estão em andamento e assim que o dinheiro for liberado os pagamentos serão efetuados.

Por Cássia Santana

*A matéria foi atualizada às 13h12 para acrésimo da nota enviada pela assessoria do Hospital de Cirurgia

MATERIAS RELACIONADAS
Compartilhar:
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
Jéssica
18/01/2018 às 12:50
Rapaz, mas uma vez essa triste ladainha, e nenhuma alteridade toma as devidas providências, senhores olhem por nós que estamos sofrendo, quer dizer, mas uma vez temos que fazer greve para poder receber o nosso salário é o nosso décimo, isso já era uma palhaçada, agora já virou foi um circo!!!
Novidades
Anúncio
Classificados
Infonet
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José | Aracaju-SE, CEP 49015-030