Webmail


Classificados - Anuncie grátis

Compartilhar: 
09/04/2015 - 15:23
Maioria da bancada sergipana aprova terceirização
Apenas dois deputados federais por Sergipe votaram contra
Regras da terceirização (Reprodução Agência Câmara dos Deputados)

O projeto de lei, que regulamenta a terceirização no serviço público no país, foi aprovado com apoio da maioria dos deputados federais da bancada sergipana. Votaram contra ao projeto apenas os deputados João Daniel (PT) e Jonny Marcos (PRB). A Câmara dos Deputados não computou o voto do deputado Valadares Filho (PSB), que tinha deixado Brasília no dia da votação devido à morte da avó, Josefa Valadares, a dona Caçula.

O projeto que tramitava na Câmara dos Deputados foi desarquivado pelo deputado Laércio Oliveira (SD/SE), um empresário do setor de asseio e conservação que detém o maior número de contratos terceirizados em Sergipe. Para o parlamentar, o projeto vai estimular a economia e considera falacioso o discurso daqueles que se posicionaram conta à aprovação na Câmara dos Deputados.

O deputado João Daniel, que seguiu o caminho contrário à aprovação do projeto de lei, analisa que a terceirização precariza a mão de obra.

Laércio Oliveira desarquivou o projeto (Foto: Assessoria Parlamentar)

Para João Daniel, a proposta atende aos interesses das grandes empresas, compromete a Consolidação das Leis Trabalhistas, estimula a exploração da classe trabalhadora e aumenta o lucro da classe empresarial.

Conheça quem votou pela aprovação do projeto

Adelson Barreto (PTB)
André Moura (PSC)
Fábio Mitidieri (PSD)
Fábio Reis (PMDB)
Laércio Oliveira (SD)

Por Cássia Santana

Câmara aprova texto-base que regulamenta terceirização
Urgência para votação da terceirização é aprovada
Procurador da República defende fim da terceirização
Conferência discute repercussões da terceirização
Detran Sergipe desconhece terceirização do pátio
Fórum debate Projeto de Lei da Terceirização na CUT
MPF processa DNIT e empresa por terceirização irregular
Empresas públicas terão que acabar com terceirização
PEC proíbe terceirização nos serviços públicos de saúde
Sindipen denuncia terceirização no Copemcam
Compartilhar: 
Comentários (14)
Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam o pensamento deste portal.
Jose
Concordo (101)
09/04/2015 às 16:34
A desgraça do Brasil...basta ver a corrupção do setor privado e público...terceirização...obras...tudo isso simboliza ...CORRUPÇÃO...os tentáculos na direção do erário...vamos lembrar de vocês na hora do VOTO...
JOSE ANSELMO
09/04/2015 às 18:50
TERCEIRIZAÇÃO NA ÁREA FIM, FIM DO CONCURSO PUBLICO. A CLASSE MÉDIA E CLASSE MÉDIA ALTA QUE INVESTE NA EDUCAÇÃO DE SEUS FILHOS FOI ENGANADA PELO PMDB, PSDB E PARTIDOS ALIADOS AOS EMPRESÁRIOS FAVORÁVEIS A TERCEIRIZAÇÃO. PARA ONDE VAI O DINHEIRO PÚBLICO? COM CERTEZA IRÁ PARA OS EMPRESÁRIOS. COITADO DOS CONCURSEIROS!!! NÃO SE PREOCUPEM, OS POLITICOS IRÃO TER AS SUAS QUOTAS NAS EMPRESAS TERCEIRIZADAS, SÓ QUE PARTE DOS SALÁRIOS PAGOS FICARÃO COM OS EMPRESÁRIOS E SEUS GRUPOS ALIADOS.
H. Costa
09/04/2015 às 19:28
Parabéns João Daniel e Jonny Marcos. É bom guardar essa notícia ao lado do título de eleitor.
Atendimento ao Cliente 24 horas: (79) 2106-8000
Política de privacidade
Expediente
Anuncie no Portal
Rua Monsenhor Silveira 276, Bairro São José
Aracaju-SE, CEP 49015-030
Todos os direitos reservados