Funcionários do Hospital de Cirurgia ameaçam greve geral
11/01/2017













Servidores fazem ato na porta do Hospital de Cirurgia (Fotos: Portal Infonet)


Os funcionários do Hospital de Cirurgia paralisaram os serviços na unidade de saúde na manhã desta quarta-feira, 11. Trata de um ato de advertência dos servidores que estão sem receber os salários relativos ao mês de dezembro e a 13ª remuneração, que deveriam ter sido pagas no mês passado, segundo informações do presidente da Associação dos Funcionários e Amigos do Hospital de Cirurgia, José Cícero de Souza.



De acordo com o presidente da Associação, a paralisação deve durar esta manhã, mas os servidores prometem uma greve geral a partir do próximo sábado, 14, caso a diretoria do Hospital de Cirurgia não efetue o pagamento das remunerações que estão em atraso.



Segundo o presidente da Associação, há mais de 1,2 mil servidores enfrentando dificuldades financeiras em decorrência do atraso do pagamento destas duas remunerações. “Hoje é uma paralisação como aviso e se o hospital não efetuar o pagamento, os servidores vão parar 70% do atendimento a partir de sábado”, informa Cícero de Souza.



Nota



A direção do Hospital de Cirurgia se manifestou por meio de nota, informando que o atraso dos salários é consequência da falta dos repasses que deveriam ter sido feitos pela Prefeitura de Aracaju. De acordo com a nota, a Prefeitura de Aracaju acumula uma dívida superior a R$ 8,5 milhões, referentes a parcelas atrasadas equivalente aos serviços prestados pelo hospital, por meio do convênio, nos meses de agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro do ano passado.













Cícero: paralisação de advertência 


O secretário adjunto da Comunicação Social da Prefeitura de Aracaju, Elton Coelho, informou que a atual gestão priorizou o pagamento dos servidores do município e que a dívida do Hospital com os servidores seria de responsabilidade daquela unidade de saúde. E foi por priorizar os salários dos servidores da prefeitura, segundo o secretário adjunto, que a atual gestão conseguiu desbloquear os recursos da prefeitura.



Quanto ao pagamento das dívidas acumuladas com o Hospital de Cirurgia, o diretor de comunicação informou que a questão está sendo analisada pela Secretaria Municipal de Saúde. O secretário adjunto informou ainda que há divergências quanto ao montante desta dívida da Prefeitura de Aracaju com o Hospital de Cirurgia, mas garantiu que uma parcela do débito está sendo liberada até a próxima sexta-feira, 13.



*A matéria foi alterada às 9h42 para acréscimo de informações enviadas pela Secom



Por Cássia Santana