Ex-detento é flagrado com cachaça em presídio
20/03/2017













Garrafas embaladas estavam sendo laçadas para o Pavilhão 2 do Copemcan (Foto: Sindipen)


Um ex-presidiário foi autuado em flagrante tentando arremessar bebidas alcoólicas para detentos custodiados no Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristovão. O ex-presidiário, identificado como Edinaldo de Assunção Oliveira, foi flagrado com várias garrafas de bebidas alcoólicas embaladas, que seriam lançadas no Pavilhão 2.



Os produtos foram apreendidos e o acusado foi encaminhado para a Delegacia Plantonista Sul, onde foi autuado em flagrante, segundo informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Justiça (Sejuc). A prática criminosa teria sido impedida por agentes penitenciários de plantão na noite do domingo, 19, naquela unidade prisional.



De acordo com informações da assessoria de imprensa, a Sejuc também abrirá procedimento para investigar a qual dos detentos do Pavilhão 2 as bebidas seriam destinadas.



Conforme a assessoria da Sejuc, Edinaldo de Assunção Oliveira, 32, tem passagem pela Cadeia Territorial, unidade conhecida como Cadeião de Nossa Senhora do Socorro, e estava em liberdade desde o ano de 2011.



O Sindicato dos Agentes Penitenciários e Servidores da Sejuc (Sindipen) garante que o flagrante foi possível em decorrência da determinação dos agentes e lamenta que a categoria continue enfrentando dificuldades para o exercício profissional e a superlotação daquele presídio. “A categoria segue exercendo seu papel com maestria mesmo com péssimas condições trabalho”, comenta o presidente do sindicato Luciano Nery.



De acordo com o Sindipen, o Copemcan tem 800 vagas, mas atualmente abriga 2.730 detentos, uma quantidade que representa mais que o triplo da sua capacidade.



Com informações da Sejuc e do Sindipen