Cinco empresas foram excluídas da licitação do lixo
14/11/2017













Licitação do lixo ainda não está concluída (Foto: Arquivo Portal Infonet)


Das 12 empresas concorrentes, cinco estão inabilitadas, excluídas da disputa pelo contrato com o municípío de Aracaju, a partir de processo de licitação que está sendo realizado pela Prefeitura para coleta de lixo e limpeza da cidade. De acordo com informações do presidente da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), Luiz Roberto Dantas de Santana, as cinco empresas foram desabilitadas em consequência de uma série de questão técnicas, que envolvem pendências em certidões exigidas pela legislação e atestado de capacidade técnica para a realização do serviço.



Sete empresas continuam no páreo e serão convocadas para a segunda etapa do processo licitatório, para a abertura dos envelopes com as propostas de preços. O processo de licitação foi dividido em quatro lotes. Conforme a assessoria de comunicação da Emusurb, das sete empresas que disputarão a licitação, apenas três estão habilitadas para disputar todos os quatro lotes: Cavo, Torre Empreendimentos e a Proactiva Meio Ambiente Brasil.



Ao lote destinado à varrição e limpeza mecânica das praias disputam as empresas BTS Terceirização de Serviços Ltda e a PP Serviços e Construções Ltda. No lote destinado ao transporte e descarga de resíduos sólidos de construção civil e volumosos, estão no páreo as empresas Planeta Indústria e Serviços e FM Transportes Ltda.



Por Cássia Santana