SSP manda afastar PM que deteve cavalo
14/11/2017













Cavalo detido em Nossa Senhora Aparecida (Foto: reprodução de vídeo)


O secretário João Eloy, da Segurança Pública, determinou o afastamento do capitão Vagno Passos, do comando da 3ª Companhia do 3º Batalhão da Polícia Militar, por ter autorizado a detenção de um cavalo que aplicou um coice em um automóvel durante uma cavalgada em Nossa Senhora Aparecida.



A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Público não prestou maiores esclarecimentos, informando apenas que a determinação seria uma decisão administrativa do secretário João Eloy diante da repercussão que o episódio ganhou em nível nacional.



Apuração



Em nota, o Comando Geral da Polícia Militar confirmou o afastamento do capitão Vagno Passos do comando da 3ª Companhia, com sede em Ribeirópolis, e informou que o oficial permanecerá desempenhando normalmente as atividades militares no 3º Batalhão da PM, que tem sede em Itabaiana.



Na nota, o Comando Geral enaltece o trabalho exercido pelo capitão Vagno, observando que a ação por ele desencadeada na 3ª Companhia teria proporcionado redução de todos os índices criminais naquela região. “Notadamente os homicídios dolosos, conseguindo a marca de 120 dias sem que nenhuma vida fosse perdida na área de sua responsabilidade”, destaca a nota.



Explica a nota, que o oficial permanecerá trabalhando na sede do 3º Batalhão em Itabaiana até a conclusão das apurações que serão realizadas em torno de denúncias que envolvem maus tratos que o animal teria sofrido e as circunstâncias que motivaram a ação policial em Nossa Senhora Aparecida.



Por Cássia Santana



*A matéria foi alterada às 14h19 para acréscimo de informações enviadas pelo Comando Geral da PM