Presos suspeitos de dispararem contra médica
06/12/2017













Diego, Wendel e Thiers estão presos preventivamente (Foto: Divulgação/SSP/SE)


Os três homens acusados de articular e executar um assalto contra uma médica do município de Itabaiana, no dia 9 de outubro deste ano, foram presos nesta terça-feira, 5, pelos policiais do mesmo Município. Na ação criminosa eles chegaram a disparar contra a profissional para roubar sua bolsa. O tiro atingiu a mão da médica, que estava parada com seu veículo em um semáforo próximo ao Hospital Regional Pedro Garcia Moreno, após ter saído da sua clínica. A bolsa da profissional foi levada pelos criminosos.



Os acusados foram identificados como Diego da Cunha Cardoso da Silva, de 25 anos e conhecido como ‘Carnicinha’, Wendel dos Santos, 26, e Thiers Marlon Ribeiro Souza, de 28 anos. De acordo com o delegado Fábio Santana, que coordenou as investigações, Wendel foi o responsável por articular o crime, inclusive levantando informações sobre o horário de saída da médica da clínica. “Eles tinham em mente que a médica naquele dia saía com determinado valor, já que era final de expediente e uma segunda-feira, dia de muitos atendimentos no interior”, explica. Thiers e Diego, armados e em uma motocicleta, cometeram o crime.



Com a autorização da Justiça para que fossem realizadas as prisões preventivas, os policiais utilizaram informações populares, por meio do disk denúncia, para chegar até os envolvidos. “Eles confessaram o crime e para a polícia não há dúvida de que eles realmente foram os responsáveis”, afirmou o delegado. Todos os três, segundo a polícia, têm envolvimento com tráfico de drogas.



Por Ícaro Novaes