Capital e interior ficam sem limpeza pública
13/03/2018













Trabalhadores suspendem limpeza (Foto: Sindelimp)


O Sindicato dos Trabalhadores da Limpeza Pública e Comercial do Estado de Sergipe (Sindelimp) decretou greve, suspendendo as atividades de coleta de lixo e limpeza da cidade em Aracaju, Nossa Senhora do Socorro e Laranjeiras. Segundo o presidente Rayvanderson Fernandes, a greve foi aprovada em assembleia geral e a paralisação nestes municípios começa nesta terça-feira, 13, sem previsão de retorno.



Conforme Rayvanderson Fernandes, há uma insatisfação dos trabalhadores decorrente do parcelamento do auxílio alimentação, falta de entendimentos entre a empresa e o sindicato para definir a pauta do acordo coletivo 2018/2019, irregularidades no plano de saúde que atende os servidores da limpeza pública nestes municípios, melhoria do sistema que transporta os garis e margaridas, cujos veículos, conforme frisou, estão deteriorados, instalação de banheiros químicos para atender às mulheres e eleição da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (CIPA).



Em Aracaju, segundo o presidente do Sindelimp, os trabalhadores de varrição e coleta de lixo foram suspensos desde o dia 6 deste mês. Mas esta paralisação, conforme destaca Rayvanderson Fernandes, é consequência de iniciativa da própria empresa Torre Empreendimentos, que teria determinado a suspensão dos trabalhos sem dar maiores explicações aos trabalhadores.



O Portal Infonet tentou ouvir a Torre Empreendimentos, mas não obteve êxito. Um dos diretores está de férias e o outro não deu retorno às mensagens enviadas nem atendeu às ligações telefônicas. O Portal Infonet permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.



Por Cássia Santana