Get Adobe Flash player

This page requires Flash Player version 9.0.124 or higher.

 
14/01/2014 - 16:35
Definido o esquema de saúde para o Pré-Caju 2014
Últimos detalhes foram definidos em audiência no MPE

Audiência aconteceu na manhã desta terça-feira, 14 (Fotos: Portal Infonet)

Todo o esquema de atendimento às possíveis vítimas durante o Pré-Caju 2014 está definido. Os cronogramas foram discutidos na manhã desta terça-feira, 14 durante audiência no Ministério Público Estadual (MPE) com representantes da rede de Urgência e Emergência e Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária.

Na ocasião, a promotora Euza Missano solicitou que as escalas dos profissionais de saúde estejam completas com substitutos e que sejam enviadas ao MPE num prazo de cinco dias.

“Está tudo ajustado. O esquema de saúde é o mesmo do ano passado. Serão instalados postos médio e avançado, 12 leitos, técnicos de enfermagem da Secretaria Municipal de Saúde e da Fundação Hospitalar de Saúde, além de unidades básicas e avançadas do Serviço de Móvel de Urgência (Samu). Solicitei que sejam enviadas as escalas e que haja um esforço para que não fiquem apertadas, que tenham substitutos em caso de algum profissional de saúde faltar à prévia”, explica Euza Missano.

Tenente Adauto preocupado com a contratação de maqueiros

Ainda na audiência, o tenente João Adauto, do Corpo de Bombeiros, destacou a preocupação com a contratação de maqueiros [profissionais que carregam as macas com pacientes necessitando de socorro], por parte da Associação Sergipana de Blocos e Trios. Como os representantes da ASBT não estavam presentes, a promotora entrou em contato por meio do telefone.

“Os representantes da ASBT não compareceram porque não foram notificados. Essa audiência estava marcada para dezembro, mas foi adiada e eles não foram notificados. Nem sabiam da audiência. Mas já entrei em contato com o Sr. Lourival Oliveira e Augusto Oliveira e eles me informaram que está tudo pronto e que os maqueiros já foram contratados”, acrescenta.

Por Aldaci de Souza

 
Comentários (7)
Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam o pensamento deste portal.
Ricardo Marques
14/01/2014 às 17:47
O que a nobre Promotora deveria exigir era que ASBT arque com os custos dessa turma toda que vai trabalhar bancado por nós contribuintes,só no Samu quanto vai ser gasto e como anos anteriores o interior vai ficar descoberto, pois vão retirar equipes para cobrir o evento na capital, lamentável que se gaste tanto recursos públicos numa festa PRIVADA que aufere altos lucros a ASBT e cia.Quem não for e precisar do SAMU, da Policia ou dos Bombeiros nas noites de precaju não contem com esses serviços
souza
15/01/2014 às 07:36
QUANDO IRÃO DEFINIR O ESQUEMA DE SAÚDE DO HOSPITAL JOÃO ALVES? CIRURGIÕES PEDIÁTRICOS PEDIRAM EXONERAÇÃO, E ATÉ AGORA O ESTADO NÃO SABE O QUE FAZER! O CAOS NA SAÚDE SERGIPANA É GERAL, EM TODAS AS ÁREAS... AH! MAS O PRÉ CAJU É MAIS IMPORTANTE, POIS ENVOLVE INTERESSES DOS AMIGOS EMPRESÁRIOS, CAMUFLANDO A IMAGEM DE CIDADE DA QUALIDADE DE VIDA, PARA OS TURISTAS! VIVA O PAÍS DOS TOLOS! BOICOTE AO PRÉ CAJU!
Enrique Daniel Figueredo
15/01/2014 às 11:13
Quanto gasto desnecessário. Promotora: como e possível que o esquema de saúde funcione no Pré-Caju e nos hospitais não tem médicos, enfermeiras, medicação?



Destaques
 
Troca-troca
mauricio
gostaria de saber o nome e tel da menina que esta na primeira foto das cajuranas...por favor me ajudem!! ...
mauricio
gostaria de saber o nome e se possível telefone dessa mulher que esta na primeira foto das cajuranas...se alguem puder me ajudar!!!por f ...
Waldemar
Vendo Abadás do NANA no domingo por R$220,00. 9855-3236 ...